CORREIO GOURMAND    

Home

|

O CORREIO GOURMAND

|

CUPOM GOURMAND

|

SORTEIO DO MÊS

|

PREMIADOS

|

PROMOÇÕES

PROMOÇÕES

CORREIO GOURMAND

CADERNO DE CULTURA GASTRONÔMICA CADERNO DE NOTÍCIAS DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS CADERNO SAÚDE & SABOR

CADERNO FOODSERVICE

CADERNO DE RECEITAS VÍDEOS GOURMANDS

CADERNO ROTEIROS TURÍSTICOS

 

CADERNO DE CULTURA GASTRONÔMICA

CADERNO DE NOTÍCIAS

DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS

CADERNO SAÚDE & SABOR

CADERNO FOODSERVICE

CADERNO DE RECEITAS

VÍDEOS GOURMANDS

CADERNO ROTEIROS TURÍSTICOS

CADERNO FOODSERVICE

Mapa do Portal 

 
GUIAS GOURMANDS

GUIA ONDE COMER BEM

GUIA ONDE SE HOSPEDAR
GUIA FAZENDO FESTA
GUIA DE ESCOLAS E CURSOS DE GASTRONOMIA
GUIA ONDE COMPRAR PRODUTOS GASTRONÔMICOS
GUIA DO MERCADÃO DE SÃO PAULO
 

  CADERNO FOODSERVICE  

CADERNO FOODSERVICE

O canal do profissional

Apoio cultural: 

O MERCADO   CARREIRAS   ESCOLAS   EVENTOS   SEGURANÇA ALIMENTAR   RECEITAS   FORNECEDORES  

 

AS CARREIRAS DO FOODSERVICE

 

 

 

 

Ode AO nutricionista
- e às suas mega cozinhas para milhares de refeições
 

Nutricionista é o profissional de nutrição, ciência que estuda os alimentos e os aplica às necessidades nutricionais do homem, nas dimensões individuais e coletivas. Cabe a ele planejar programas de alimentação, preparar dietas e cardápios, supervisionar a produção de alimentos e cozinhas de indústrias e restaurantes, além de acompanhar o regime alimentar de atletas ou doentes por exemplo.

 

Inserida no campo da saúde e da alimentação, dois setores que crescem em importância em todo o mundo, o trabalho do nutricionista vem se consolidando no mercado e ganha relevância na mesma proporção em que aumentam as exigências das pessoas por mais qualidade de vida.

 

O nutricionista lida com questões relacionadas à alimentação baseado em uma ampla compreensão dos seus determinantes sociais, econômicos e culturais. Atualmente, existem no mundo distúrbios alimentares que vão da desnutrição à obesidade. Esse profissional deve estar preparado para criar situações favoráveis à prevenção e tratamento desses males, incluindo todas as patologias que podem ser decorrentes desses estados, visando sempre à saúde do paciente. Podemos resumir que o objeto de estudo da Nutrição é o alimento; e seu objetivo, a saúde.

 

Poucas carreiras evoluíram tanto nas últimas décadas quanto a Nutrição. Estudos cada vez mais aprofundados sobre o poder das vitaminas, proteínas, sais minerais, carboidratos e outras substâncias presentes nos alimentos acentuaram a importância da boa dieta para a saúde do homem. Já não basta que a iguaria seja deliciosa. Espera-se que ela, também, tenha poderes curativos e boa atuação em convalescenças, aumente a produtividade de uma empresa ou empurre o atleta rumo à quebra de recordes. Tudo isso faz do nutricionista um profissional de importância cada dia maior em todas as áreas do conhecimento em que a alimentação seja fundamental para a promoção, manutenção e recuperação da saúde, sem perder de vista o prazer que uma refeição deve proporcionar.

 

Um pouco de História

 

A Nutrição vem sendo alvo de estudos desde a Antigüidade. O grego Hipócrates, por exemplo, tido como o "pai" da medicina moderna, vaticinou, há 25 séculos: "Deixe seu alimento ser o seu remédio e o seu remédio ser o seu alimento". As pesquisas ganharam rigor e fundamentação científica no início do século 19 e, nas primeiras décadas do século 20, foram criados cursos no Canadá e nos Estados Unidos.

 

A ênfase dada inicialmente ao combate das deficiências nutricionais foi substituída pela importância da necessidade de nutrientes. Antes curativa, portanto, a Nutrição passa a ser, sobretudo, preventiva. Esta característica se fortaleceu durante a Segunda Guerra Mundial, quando os norte-americanos passaram a se preocupar com a resistência de seus combatentes e com a rápida recuperação de seus feridos no front.

 

 

No Brasil

 

No Brasil, a história dessa profissão começou com o médico Josué de Castro. Em 1929, ele criou um curso para formar o que se chamou de "visitadora", um profissional que deveria ter o objetivo de combater a fome no país. O curso para formar nutricionistas, propriamente dito, foi criado só em 1939, na Universidade de São Paulo e tinha duração de apenas um ano. Hoje, em todo o País, é oferecido por quase todas as universidades públicas e por muitas particulares, com duração média de quatro anos. A profissão foi regulamentada em 1991.

 

Na faculdade, quem deseja ser nutricionista estuda desde a formação do corpo humano até os efeitos no organismo da presença ou ausência de vitaminas, proteínas, gorduras e demais substâncias químicas que formam os alimentos. O futuro profissional da nutrição aprende também qual a quantidade de alimentos que cada pessoa necessita ingerir para viver de forma saudável, quais os nutrientes essenciais ao crescimento e à manutenção da saúde do ser humano.

 

Ao especializar-se em alguma área, o nutricionista pode ampliar suas chances de inserção no mercado de trabalho. É importante que o aluno, além das aulas na graduação, participe de outras atividades, como cursos de especialização e pós-graduação em áreas como Dietoterapia, Saúde Pública e Administração em Serviços de Alimentação. Ter uma formação humanista e crítica e pautar-se por princípios éticos, com reflexão sobre a realidade econômica, política, social e cultural, também são fundamentais para o sucesso do profissional.  

 

 

Áreas de Atuação

 

O mercado de trabalho é bastante diversificado, abrangendo diversas áreas:

 

 

  • Nutrição clínica, com atuação em consultórios, hospitais, spas, clínicas para idosos, academias, clubes esportivos, como personal diet, etc.

  • Administração de restaurantes, atuando em restaurantes industriais e comerciais, assessoria, marketing nutricional, creches, escolas, hotéis, etc.

  • Nutrição em saúde pública, com atuação em creches, secretarias de abastecimento, programas governamentais de alimentação, unidades de saúde, prefeituras, trabalho com a merenda escolar, etc.

  • Ensino e pesquisa.

  • Marketing, desenvolvendo receitas e novos produtos alimentícios, promovendo degustações, além de organizar cozinhas experimentais.

 

Seja qual for a sua área de atuação, no entanto, o principal objetivo do nutricionista é educar as pessoas a se alimentarem adequadamente, educá-las para terem uma vida saudável, comendo um pouco de tudo.

 

E foi justamente,  por iniciativa da ABAGA e de outras entidades do setor que, desde 1999, por projeto do Vereador Carneiro (Prona), aprovado pela Câmara Municipal, 13 de maio é a data oficial comemorativa do Dia do Chef de Cozinha na cidade de São Paulo. Uma justa homenagem da sociedade paulistana a essa categoria profissional que ajudou a que nos tornássemos uma das Capitais Mundiais da Gastronomia

  Você gostou? então compartilhe!!  
 

Voltar à página principal de CARREIRAS DO FOODSERVICES

 
    APROVADO  



 


 



CANAL FOODSERVICE

    Voltar ao topo  

 

  no Correio Gourm@nd  

 

APOIO:

 

 

 

 

Ovadia Saadia Comunicações

 

 

 

 

|

|

 

Copyright ©  -  VB Bureau de Projetos e Textos

Atualizado em: 02 janeiro, 2018.

 

 

 

Voltar ao topo