CORREIO GOURMAND    

Home

|

O CORREIO GOURMAND

|

CUPOM GOURMAND

|

SORTEIO DO MÊS

|

PREMIADOS

|

PROMOÇÕES

PROMOÇÕES

CORREIO GOURMAND

CADERNO DE CULTURA GASTRONÔMICA CADERNO DE NOTÍCIAS DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS CADERNO SAÚDE & SABOR

CADERNO FOODSERVICE

CADERNO DE RECEITAS VÍDEOS GOURMANDS

CADERNO ROTEIROS TURÍSTICOS

 

CADERNO DE CULTURA GASTRONÔMICA

CADERNO DE NOTÍCIAS

DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS

CADERNO SAÚDE & SABOR

CADERNO FOODSERVICE

CADERNO DE RECEITAS

VÍDEOS GOURMANDS

CADERNO ROTEIROS TURÍSTICOS

CORREIO GOURMAND

Mapa do Portal

 

GUIAS GOURMANDS

GUIA ONDE COMER BEM

GUIA ONDE SE HOSPEDAR

GUIA FAZENDO FESTA

GUIA DE ESCOLAS E CURSOS DE GASTRONOMIA

GUIA ONDE COMPRAR PRODUTOS GASTRONÔMICOS

GUIA DO MERCADÃO DE SÃO PAULO

 

   

Alimentando o saber, aprimorando o paladar...

 

Apoio cultural:

APROVADO  

 

  COZINHA BRASILEIRA


Cultura Gastronômica

 

QUINDIM

 

Virgínia Brandão

 

 

O quindim é um doce bonito, que se destaca por sua coloração amarelada bem viva e brilhante. Delicioso, derrete na boca e seduz os paladares mais exigentes com a mistura imbatível da cremosidade do ovo na parte de cima com o crocante do coco na parte de baixo.

É um doce autenticamente brasileiro, nascido nos primórdios do período colonial, mas que, como tantos outros, surgiu da adaptação de receitas portuguesas aos ingredientes tropicais.

No caso, a adaptação foi de um doce conventual chamado Brisas-do-Lis, originário da região de Leiria, no centro de Portugal. Feito a base de ovos, açúcar e amêndoas moídas, seu nome é uma alusão ao principal rio que banha a cidade, o Lis. Doce antigo, foi criado no antigo convento dominicano de Santana, que já não existe mais (1494 a 1880). Depois de fechado o convento, a receita, diz-se, foi parar nas mãos de uma devota, ligada ao Café Colonial, estabelecimento que existe até hoje, sendo o mais antigo e conhecido café de Leiria. Não por acaso, até hoje também, come-se ali excelentes Brisas. Com o tempo, o segredo da confecção das Brisas-do-Lis espalhou-se e hoje são encontradas em diversas confeitarias da cidade e muito procuradas tanto pelos leirienses como pelos turistas que visitam a cidade.

Mas por aqui, a Brisa-do-Lis precisou ser adaptada. Como a amêndoa era rara e muito cara o coco ralado entrou no lugar dela e nasceu o quindim. O nome foi dado pelos africanos, significando carinho, dengo, ou seja, uma coisa carinhosa, delicada, doce, que alegra o coração.

O quindim pode ser preparado em formas pequenas, como as de empadinhas, o que é muito usado para festas ou para a venda em doceiras e similares. Mas, pode, ainda, ser assado em formas grandes de pudim, resultando numa única peça. Seja como for, é sempre um doce lindo e irresistível

 

 

Assadeira especialmente planejada para assar em banho-maria quindins, pudins e afins.

Em duas partes, uma assadeira comum embaixo para o banho-maria e um suporte para

as forminhas que se acopla à assadeira mantendo as forminhas em contato com a água

mas protegidas de qualquer respingo. Muito prática e interessante.

 

 

 

  Você gostou? Então compartilhe!!  
 

 

 

 


Atualmente, é possível encontrar quindins de variados sabores, tais como chocolate, pistache, abacaxi, nozes, damasco e maracujá, entre outros. Mas, os tradicionalistas afirmam, são doces deliciosos, mas não são quindins. Quindim só de coco.

 

    Voltar ao topo  


 

  no no Correio Gourm@nd  
 

 

APOIO:>

 

 

 

 

Ovadia Saadia Comunicações

 

 

 

 

|

|

 

Copyright ©  -  VB Bureau de Projetos e Textos

Atualizado em: 02 janeiro, 2018.

 

 

 

Voltar ao topo