CORREIO GOURMAND    

Home

|

O CORREIO GOURMAND

|

CUPOM GOURMAND

|

SORTEIO DO MÊS

|

PREMIADOS

|

PROMOÇÕES

PROMOÇÕES

CORREIO GOURMAND

CADERNO DE CULTURA GASTRONÔMICA CADERNO DE NOTÍCIAS DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS CADERNO SAÚDE & SABOR

CADERNO FOODSERVICE

CADERNO DE RECEITAS VÍDEOS GOURMANDS

CADERNO ROTEIROS TURÍSTICOS

 

CADERNO DE CULTURA GASTRONÔMICA

CADERNO DE NOTÍCIAS

DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS

CADERNO SAÚDE & SABOR

CADERNO FOODSERVICE

CADERNO DE RECEITAS

VÍDEOS GOURMANDS

CADERNO ROTEIROS TURÍSTICOS

CORREIO GOURMAND

Mapa do Portal

 

GUIAS GOURMANDS

GUIA ONDE COMER BEM

GUIA ONDE SE HOSPEDAR

GUIA FAZENDO FESTA

GUIA DE ESCOLAS E CURSOS DE GASTRONOMIA

GUIA ONDE COMPRAR PRODUTOS GASTRONÔMICOS

GUIA DO MERCADÃO DE SÃO PAULO

 

   

Alimentando o saber, aprimorando o paladar...

 

Apoio cultural:

APROVADO  

 
 


  COZINHA ITALIANA

 

 

 

TRADIÇÃO EM BEM COMER

 

 

A Cozinha Italiana - será que existe mesmo? 

 

 

 

De maneira absoluta, nunca existiu, a História assim mostra. Divisões políticas bem definidas durante séculos, centenas de regiões, todas com gastronomias e hábitos culinários muitíssimo diferentes mesmo, influencia estas centenas de cidades de povos bárbaros ou civilizados, pobres ou ricos. Invasões e guerras, em especial, contribuíram para fazer da "Cucina do Bel Paese" provavelmente a mais rica de todas as cozinhas ocidentais.
 

Desde a Roma Imperial, com sua cozinha exuberante, rara e extravagante, a enorme influência da culinária e riquíssima cultura árabe trazida pelos romanos e depois vivenciada durante mais de 800 anos na bacia mediterrânea in loco, de Apicio a Scappi, de Messisburgo de Ferrara da corte de Francesco Sforza, Bartolomeo Platina com as receitas de Mastro Martino, com as infinidades de receituários anônimos, com as cortes dos Medicis, os Doge de Veneza ou a fabulosa família Gonzaga da igreja papal de enorme contribuição. Papas e príncipes da igreja a simples padres campônios ou pequenas paróquias, muito fizeram nas cozinhas, Caterina de Medicis ou a corte dos Savoia até Gualterio Marchessi enfim, a história do mundo ocidental e até outros é impossível contá-la sem o nome "Itália" de gigantesca e única influência. Assim a cozinha italiana tornou-se, no especial mundo globalizado contemporâneo (a globalização tem início com o homem), a mais influente e consumida de todas as cozinhas do mundo.
 

Toda a sua historia, eu não teria condições de levantar ou concluir. Milhares e milhares de diferenças e estilos, milhares e milhares de sabores diversos. Há, porém, um só elemento que, talvez, seja capaz de "unificar" cozinha italiana: o "Olio di Oliva" - o grande sabor, perfume e personalidade desta gastronomia única.

Sem o azeite de oliva não há cozinha italiana. Poderá ser uma cópia, ou como se diz hoje, uma releitura. Mas cozinha italiana verdadeira, só com o azeite de oliva. Ele é o quarto símbolo da tradicional trilogia dos ícones da Tavola Italiana - Vino, Panne e Sale.

Assim, iniciaremos nossa viagem pela cozinha italiana com alguns usos do seu principal elemento, o azeite de oliva. Até lá!!

 

Cristina Arce

 

Cristina Arce é uma gourmet de alto estilo, estudiosa do tema e especialista na Itália, sua terra natal, e na gastronomia italiana. Além de escrever em seu site, www.crisarce.com.br, ela escreve na coluna Cozinha Italiana no Correio Gourm@nd.

crisarce@uol.com.br

 

 
 
  Você gostou? Então compartilhe!!  
 
 
Voltar à página inicial de Cozinha ITALIANA
 

 

    Voltar ao topo  


 

  no Correio Gourm@nd  

 

APOIO:

 

 

 

 

Ovadia Saadia Comunicações

 

 

 

 

|

|

 

Copyright ©  -  VB Bureau de Projetos e Textos

Atualizado em: 02 janeiro, 2018.

 

 

 

Voltar ao topo