CORREIO GOURMAND    

Home

|

O CORREIO GOURMAND

|

CUPOM GOURMAND

|

SORTEIO DO MÊS

|

PREMIADOS

|

PROMOÇÕES

PROMOÇÕES

CORREIO GOURMAND

CADERNO DE CULTURA GASTRONÔMICA CADERNO GASTRONOMIA EM NOTÍCIAS DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS CADERNO SAÚDE & SABOR

CADERNO FOODSERVICE

CADERNO DE RECEITAS VÍDEOS GOURMANDS

CADERNO ROTEIROS TURÍSTICOS

 

CADERNO DE CULTURA GASTRONÔMICA

CADERNO DE NOTÍCIAS

DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS

CADERNO SAÚDE & SABOR

CADERNO FOODSERVICE

CADERNO DE RECEITAS

VÍDEOS GOURMANDS

CADERNO ROTEIROS TURÍSTICOS

CORREIO GOURMAND

Mapa do Portal

 
GUIAS GOURMANDS

GUIA ONDE COMER BEM

GUIA ONDE SE HOSPEDAR
GUIA FAZENDO FESTA
GUIA DE ESCOLAS E CURSOS DE GASTRONOMIA
GUIA ONDE COMPRAR PRODUTOS GASTRONÔMICOS
GUIA DO MERCADÃO DE SÃO PAULO
 

   

Apoio cultural: 

APROVADO  

   
 
 

 

 

 

POEMA CULINÁRIO

 

 

 

Na Noite dos Namorados:

 

Como chegar ao "Jardim das carícias"

passando pela "Ponte das turquesas"

Jezebel Salem

Uma coletânea anônima, recheada de pequenos poemas de amor,  antiqüíssimos escritos árabes, fazem a moldura para esta noite dedicada aos pares de enamorados, àqueles que buscam uma unidade, um vínculo feliz. Uma overture ao eterno desejo do amor! E uma justa homenagem ao povo que primeiro exaltou o amor romântico.

 

A tradução dos versos reunidos neste "O Jardim das Carícias" achei num antigo e delicioso livro "As mais Belas Páginas da Literatura Árabe", de Mansour Challita.

 

Deixando "o jardim" para alcançar outra ala não menos importante, a cozinha, o tema escolhido também remete aquele lado da lua, naqueles tempos em que Istambul era o umbigo do mundo, centro de cultura opulenta, requintada, fulgurante, como sua cozinha. Luxo, beleza, sensualidade e façanhas gastronômicas que esquecemos como surgiram, por onde passaram, até onde chegaram.

 

Uma outra obra, desta vez da historiadora brasileira Fernanda Camargo Moro, é que me forneceu a escolha do tema, com seu último livro, "A Ponte das Turquesas", onde realizou um precioso levantamento sobre a história deste mundo perdido em brumas e mistérios perfumados a aloés e bálsamos: as civilizações de Bizâncio, Constantinopla, depois Istambul. A historiadora adentra o fabuloso mundo dessas cozinhas que deixaram um legado imenso ao mundo ocidental: do croissant à massa folhada, entre outros arroubos culinários.

 

Ame e aproveite muito, cada pétala, cada sumo! Com fantasia, coragem, paixão e gosto! - que o tempo passa e amanhã, quem sabe...

 

Comece com "O primeiro beijo":

 

 

"... Ela estava de pé, bem perto de mim. Olhei-a até a alma e minhas mãos agarraram seus dois pulsos. Cerrando os olhos ofereceu-me sua face. Contenta-se acaso o viajante sedento com frutos, quando uma fonte está próxima? No fim, nossos lábios se uniram. E todo o seu corpo, contra o meu, nada mais era do que uma boca..."

 

 

Sirva então seu beijo acompanhado de "Gunesli Yogurt" -  ou  Iogurte com Damascos:

 

Bata 3 a 4 colheres de sopa de iogurte bem denso – ou a chamada coalhada seca – juntamente com 5 a 6 damascos secos finamente picados, 1 dente de alho esmigalhado e sal a gosto. Misture bem e sirva em seguida.

 

 

Em seguida, comecem a prestar atenção naquele "Facho Luminoso" que emana da presença do ser amado.

 

 

"... Poli teu corpo com tantas carícias, que ele parece agora a pedra sagrada de El Djouf, que tantos lábios gastaram. O sol pode apagar-se e a lua cair: teu corpo me iluminará como uma lua maravilhosa..."

 

 

Tal facho de luz merece um segundo prato de brilho, tal qual era servido nas festas do Palácio Topkapi, o Serralho. Assim é a vez da "Harisa de Arroz":

 

Um peito de galinha; 200gr. de arroz; um copo de leite; sal; uma colher de sopa de açúcar; uma noz de manteiga sem sal; uma colher de sopa de água de rosas.

 

Cozinhe a galinha, separe o caldo e desfie finamente a carne enquanto ainda quente. Mergulhe o arroz em 200ml do caldo que ficou separado e deixe absorver. Coloque o leite numa caçarola, junte o arroz e deixe cozinhar. Quando cozido, junte o açúcar, o peito desfiado, misture acrescentando a noz de manteiga. Tire do fogo, junte a água de rosas e deixe descansar antes de servir.

 

 

Depois tome pela mão seu par e reclinados sobre o "Nosso banco" leiam os versos de uma tristeza delicada, de quem se amou mas não pôde, por alguma razão, recuperar aquele momento de eternidade.

 

 

"... Tinha-me dito que esperaria naquele lugar onde nós nos havíamos amado tanto. Eu não voltei.

Quando passares pelo caminho de Dar Zidah, detém-se diante de um jardim guardado por dois ciprestes e chama pelo seu nome. Se ninguém te responder, empurra o portão e entra, e dá de beber às roseiras que rodeiam um banco de mármore..."

 

 

Console-se  então com este clássico Sorbet ou Sorvete de Limão - que tanto serve para entremear outros pratos num banquete, como para finalizar seu poema culinário para este Dia dos Namorados.

 

Prepare 250ml de suco de limões, de preferência usar os amarelos ou sicilianos. Junte o dobro de água e 300gr. de açúcar, 1 clara de ovo batida bem firme e raspas de casca de um limão. Ferver a água com açúcar para fazer uma calda leve. Fora do fogo, juntar o suco de limão. Depois de frio bater bem na batedeira e levar para congelar. Quando estiver quase sólido bater uma vez mais, adicionando a clara e as raspas de limão. Deixar gelar novamente. A versão sorbet não deve levar a clara.

 

 

E para acompanhar o café (inimaginável um banquete de amor sem o perfume desta bebida com que os árabes seduziram o mundo todo), mais um poeminha para sussurrar entre os amantes, "A sultana do Amor".

 

"... Vi seus olhos e minha vida se deslumbrou para a eternidade.

Ouvi sua voz e não pude mais ouvir outra música.

Respirei seu perfume e não pude mais inclinar-me sobre as rosas..."

 

 


 

 
 
  Você gostou? então compartilhe!!  
 
 
  Voltar ao topo  
 

 

 

 

 

 

 

 

 

Jezebel Salem é jornalista e sua senda profissional, de algum modo, por curiosidade, por gosto e por apetite mesmo, sempre bisbilhotou, passou e acabou ficando pela cozinha..   >>> Leia mais

 

jezebela@terra.com.br

 

 

    Voltar ao topo  

 

  no Correio Gourm@nd  

 

APOIO:

 

 

 

 

Ovadia Saadia Comunicações

 

 

 

 

|

|

 

Copyright ©  -  VB Bureau de Projetos e Textos

Atualizado em: 02 janeiro, 2018.

 
 

Voltar ao topo