CORREIO GOURMAND    

Home

|

O CORREIO GOURMAND

|

CUPOM GOURMAND

|

SORTEIO DO MÊS

|

PREMIADOS

|

PROMOÇÕES

PROMOÇÕES

CORREIO GOURMAND

CADERNO DE CULTURA GASTRONÔMICA CADERNO GASTRONOMIA EM NOTÍCIAS DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS CADERNO SAÚDE & SABOR

CADERNO FOODSERVICE

CADERNO DE RECEITAS VÍDEOS GOURMANDS

CADERNO ROTEIROS TURÍSTICOS

 

CADERNO DE CULTURA GASTRONÔMICA

CADERNO DE NOTÍCIAS

DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS

CADERNO SAÚDE & SABOR

CADERNO FOODSERVICE

CADERNO DE RECEITAS

VÍDEOS GOURMANDS

CADERNO ROTEIROS TURÍSTICOS

GASTRONOMIA EM NOTÍCIAS

Mapa do Portal

 
GUIAS GOURMANDS

GUIA ONDE COMER BEM

GUIA ONDE SE HOSPEDAR
GUIA FAZENDO FESTA
GUIA DE ESCOLAS E CURSOS DE GASTRONOMIA
GUIA ONDE COMPRAR PRODUTOS GASTRONÔMICOS
GUIA DO MERCADÃO DE SÃO PAULO
 

  CADERNO GASTRONOMIA EM NOTÍCIAS  

GASTRONOMIA EM NOTÍCIAS

Alimentando o saber, aprimorando o paladar...

 

Apoio cultural: 

 

 

 

Chef André Boccato representa o Brasil no International Chefs Circle - ICC

 

Cryovac Food Solutions lança, na França, o International Chef’s Circle - ICC

Conselho de renomados chefs traçará as diretrizes para a “Comida Pronta Gourmet”

 

 

O que existe em comum entre a comida pronta vendida em supermercados, um castelo na França e 12 importantes chefs de cozinha de vários países?

 

Em comum, aparentemente, nada. Pelo menos até a fria noite 25 de setembro de 2007, típica do outono francês, quando, em um jantar no magnífico Château Hotel Mont Royal, na cidade de Chantilly, ao norte de Paris, a Sealed Air – Cryovac, líder mundial em tecnologia de sistemas de embalagem para usos especiais e uma das maiores empresas de food solutions do mundo, lançou o International Chef’s Circle - ICC, uma nova proposta para a “cultura” da comida pronta, aquela que começou como TV Dinner, ou, no Brasil, o nosso famoso “congelado”, que ainda faz sucesso, mas está identificada como uma comida sem charme, às vezes sem gosto, e, sobretudo, muito longe daquilo que chamamos de “gastronomia”.

 

A proposta do ICC, é, justamente, fazer as pazes entre a qualidade saborosa e a praticidade e economia da comida pronta, promovendo a aproximação da qualidade gastronômica com as soluções de preparo de refeições para o varejo e o mercado de foodservice. Para isso, reuniu 12 renomados chefs de cozinha, de 10 diferentes países e distintas regiões do mundo (Argentina, Brasil, Chile, México, EUA, Tailândia, Austrália, Reino Unido, França e Luxemburgo), para, unindo forças, talentos e perícias, compor um fórum permanente e um grupo de ação que vai implantar concursos para escolas de gastronomia, buscar soluções para criação de receitas assinadas por chefs, e aplicar novas tecnologias de conservação de alimento em escala industrial com posicionamento gourmet.

 

Um time pra muitos talheres

 

O time de chefs fundadores do ICC é realmente "da pesada", começando pelo estreladíssimo Alain Ducasse, que se fez representar no evento pelo chef Christophe Larrat, ex -Troisgros Group e atual chef executivo do Alain Ducasse Culinary School.  Estavam lá, também, Cyril Molard, chef do Hotel Le Royal de Luxemburgo, Rapeepan Luangara, a mais importante mulher cozinheira da Tailândia e Philippe Mouchel, um chef da Normandia que fez carreira internacional e está, agora, em Melbourne – Austrália. Da Argentina, vieram Roberto Petersen e Leonardo Jaciuk. Pertersen é sinônimo de alta gastronomia na Argentina onde possui quatro restaurantes e Jaciuk é cria de Ferran Adriá e vive na ponte aérea Barcelona-Buenos Aires onde dirige a cozinha de uma rede de 50 hotéis. Também vieram os americanos Christopher Graham, famoso consultor gastronômico e chef da empresa Rational (fornos) e Allison Rittman, especializada em comida industrial e ativista do Research Chef’s Association. A chef ucraniana Dra. Svetlana Rodgers, especialista em bio-preservação,  representava a Universidade de Brighton, da Inglaterra, onde dirige o Culinary Arts Studio. Do México, veio o chef Salvador Sevilla Tellez, também professor de cozinha tecnológica na Universidade do México, e, do Chile, o chef Francisco Valero, especialista em foodservice e responsável pela criação culinária de 110 supermercados chilenos.

 

O Brasil se faz presente no ICC através do chef André Boccato, que por sua experiência em criação de receitas para o Grupo Pão de Açúcar (marcas próprias) e Bertin (carnes), além de sua atuação como editor especializado em gastronomia, foi escolhido para representar o País nesse seleto grupo.

 

Plano de Ação

 

As promessas de inovação gastronômica do ICC serão disponibilizadas para a indústria de todo o mundo. As novidades serão apresentadas em breve, mas, de pronto, está lançado um concurso, em nível mundial, para estudantes universitários de gastronomia, cujo prêmio girará em torno de US$5.000, além de viagem à França para estagiar na escola de Alain Ducasse.

Mobilização e uma forte troca de experiências entre os participantes e a indústria alimentícia é o que garante Fabrice Roy, diretor de Ready Meals Market da Cryovac Food Solutions e secretário executivo do recém fundado ICC, que terá como sede o PackForum, instalado nos arredores de Paris. Dois dias de intenso trabalho marcaram o início das atividades e o jantar no castelo foi apenas um momento de confraternização merecido, pois a responsabilidade dos membros do comitê será de realmente propor e difundir propostas práticas para - nas palavras de Jean-Marie Deméautis - presidente da Sealed Air- Cryovac, obter alta qualidade com preço democrático.

Virgínia Brandão

 

 

Membros Fundadores do ICC

  • André Boccato, Chef and General Manager, Boccato Gastronomia, São Paulo, Brazil

  • Christopher Graham, Regional Sales Manager and Executive Chef, Rational, Boca Raton, USA

  • Leonardo Jaciuk, Chef de Cuisine, NH City & Tower Hotel, Buenos Aires, Argentina

  • Christophe Larrat, Executive Chef, Alain Ducasse Culinary School, Paris, France

  • Rapeepan Luangaramru, President, Khun Reed Corporation, Bangkok, Thailand

  • Cyril Molard, Chef des Cuisines, Hotel le Royal, Luxemburg City, Luxemburg

  • Philippe Mouchel, Executive Chef, The Brasserie by Philippe Mouchel, Melbourne, Austrália

  • Roberto Petersen, Executive Chef, Los Petersen Cocineros, Buenos Aires, Argentina

  • Allison Rittman, Corporate Research Chef, Culinary Culture, Austin, Texas, USA

  • Svetlana Rodgers, Professor, School of Service Management, University of Brighton, UK

  • Salvador Sevilla Tellez, Corporate Chef, US Meat Export Federation & Gastronomic Consultant, Los Morales, México

  • Francisco Valero (Bauer), Production Manager & Executive Chef, Alimentos y Servicios, Santiago, Chile

 

Para saber mais sobre a Cryovac Food Solutions, clique aqui.

Para saber mais sobre o chef André Boccato, clique aqui.

Voltar à página principal de GASTRONOMIA NO MUNDO

 

 

 

Mas, afinal, o que diferencia gastronomia da comida em geral?

 

A palavra gastronomia é como um selo de diferenciação, ou seja: existe a comida combustível, aquela que se come para não se definhar, e da qual não se exige muito além disso. E existe aquela que não apenas alimenta o nosso corpo, alimenta, também, o espírito! Esta é a verdadeira gastronomia.

 

COMIDA PRONTA

tendência irreversível

 

As estatísticas internacionais são impressionantes para a tendência de não mais preparar as próprias refeições em casa. Na década de 60, uma dona de casa inglesa passava cerca de quatro horas na cozinha diariamente. Atualmente, ela passa apenas 20 minutos diários. De acordo com os dados apresentados no lançamento do ICC, os ingleses estão no topo da pirâmide dos que consomem  a refeição preparada fora de casa mundialmente e não é surpresa que os italianos, mais afeitos à cozinha, estão em último nesta lista. Este mercado movimentou 4,3 bilhões de dólares mundiais em 2006, segmentado conforme o gráfico abaixo, apresentado no evento.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

|

|

 

Copyright ©  -  VB Bureau de Projetos e Textos

Atualizado em: 02 janeiro, 2018.

 
 

Voltar ao topo