BOLETIM GOURMAND - linha direta com o melhor da gastronomia

GASTRONOMIA EM NOTÍCIAS

 

 

 

 

 

 

 

 
 

 

 

 

 


     A Copa do Mundo dos Chefs de Cozinha
 

 

O CONCURSO

O BRASIL NO BOCUSE D'OR

O BOCUSE D'OR 2009 - Edição Histórica para o Brasil

 

 


 

 
 
 
 
 

O CONCURSO BOCUSE D'OR

 

Criado em 1987 pelo Chef Paul Bocuse, o "Cuisinier du Siècle", eleito pelo guia Gault et Millau em 1989, o "Concours Mondial de la Cuisine Bocuse d'Or", a Copa do Mundo dos Chefs de Cozinha, é o mais prestigiado concurso gastronômico internacional, que reúne jovens talentos dos quatro cantos do planeta, num emocionante show de perícia e arte, vitrine da diversidade do patrimônio culinário mundial. 

 

Acontece bienalmente, dentro do SIRHA, uma das mais importantes feiras de alimentação do mundo, reunindo 24 equipes representando países de todos os continentes, que disputam o mais cobiçado troféu da gastronomia nternacional. Cada equipe é formada por um cozinheiro profissional com mais de 23 anos e um ajudante com menos de 22 anos, ambos da nacionalidade do país que representam. Para chegar à mais conceituada arena de disputa gastronômica do mundo, todos participaram e venceram de pré-seleções em seus respectivos países.

 

Chef Paul Bocuse

 

 

O concurso acontece em duas baterias, com 12 participantes, uma a cada dia. Inicia-se as 9h00 e se estende até as 17h30, incluindo aí o tempo das apresentações. Cada equipe tem 5 horas e 30 minutos para preparar 12 porções de duas receitas a base dos ingredientes-tema do concurso que variam a cada ano. Cada receita deve ser acompanhada de 3 guarnições diferentes, a escolha dos participantes mas, preferencialmente, que traduzam as características da culinária de seus países de origem. 

 

A organização do concurso fornece os dois ingredientes tema. Todos os demais ingredientes, de livre escolha dos participantes, devem ser providenciados por eles. 

 

Os ingredientes-tema do Bocuse d'Or 2009 são, para o prato de carne, o Aberdeen Angus Beef, gado de origem escocesa, e para o prato de peixe, o bacalhau fresco, as coquilles Saint-Jacques royales e os camarões selvagens da Noruega. 
 

O primeiro candidato do dia começa a prova as 9 horas da manhã, e os demais vão começando suas provas com intervalos de quinze minutos. Assim, as apresentações, que têm início as 14h30 e se sucedem por quase três horas.
 

 

Corpo de jurados diante dos boxes onde os concorrentes preparam suas receitas.

O júri é composto por um presidente, um presidente de honra e mais 24 conceituados chefs, representantes dos países competidores. Doze deles votam as receitas a base de peixe, e os outros doze votam as receitas a base de carne. Os presidentes do júri votam nas duas categorias, mas seus votos só são computados em caso de empate entre os candidatos. O presidente do júri é sempre o chef vencedor da edição anterior. A presidência de honra do júri, cabe sempre a um chef de grande prestígio, convidado pela organização do concurso.
 

Bandeja com o tema de carne apresentado pelo chef Serge Vieira, da França, ganhador do Bocuse d´Or 2005

 

Prato de carne apresentado para degustação dos jurados pelo chef Serge Vieira.

 

Clique aqui

e veja as imagens ampliadas.

 

 

 

 

 

 

As receitas são apresentadas montadas em grandes bandejas de prata e desfiladas perante os jurados, seguindo-se a degustação. São avaliadas nos seguintes quesitos:
 

* Paladar  (máximo de 20 pontos com peso 2)

* Apresentação  (máximo de 20 pontos)

 

Além das três melhores equipes, cabe ao júri escolher os vencedores dos seguintes prêmios especiais: melhor receita de peixe, melhor receita de carne, melhor cartaz de divulgação do evento e melhor promoção.
 

O anúncio dos resultados e entrega dos prêmios aos vencedores, em geral com a presença do próprio Paul Bocuse, acontece pouco depois de encerrada a degustação das receitas do último candidato, ao término do segundo dia de apresentações, por volta das 19h00.

 

Os candidatos concorrem aos seguintes prêmios::

1° Lugar - Troféu Bocuse d'Or e um prêmio em dinheiro de 20 mil Euros.
2° Lugar - Troféu Bocuse d'Argent e 15 mil Euros.
3° Lugar - Troféu Bocuse de Bronze e 10 mil Euros.

 

 

Placar do Bocuse d’Or desde a primeira edição:
 

ANO

1° Lugar

2° Lugar

3° Lugar

1987

França - Jacky Fréon

Bélgica

Alemanha

1989

 Luxemburgo - Léa Linster

Bélgica

Singapura

1991

França - Michel Roth

Noruega

Holanda

1993

Noruega - Bent Stiansen

Dinamarca

Bélgica

1995

França - Régis Marcon

Suécia

Alemanha

1997

Suécia - Mathias Dalhgren

Bélgica

Noruega

1999

Noruega - Terje Ness

França

Bélgica

2001

França - François Adamski

Suécia

Islândia

2003

Noruega - Charles Tjessem

França

Alemanha

2005

França - Serge Vieira

Noruega

Dinamarca

2007

França - Fabrice Desvignes

Dinamarca

Suíça

 

 

 

 

CONCURSO BOCUSE D'OR

www.bocusedor.com

Para conhecer o SIRHA, clique aqui.  

 

 
 
 
 
 

Voltar ao topo

 

 

 

 

|

|

 

Copyright ©  -  VB Bureau de Projetos e Textos

Atualizado em: 28 junho, 2017.