CORREIO GOURMAND    

Home

|

O CORREIO GOURMAND

|

CUPOM GOURMAND

|

SORTEIO DO MÊS

|

PREMIADOS

|

PROMOÇÕES

PROMOÇÕES

CORREIO GOURMAND

CADERNO DE CULTURA GASTRONÔMICA CADERNO DE NOTÍCIAS DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS CADERNO SAÚDE & SABOR

CADERNO FOODSERVICE

CADERNO DE RECEITAS VÍDEOS GOURMANDS

CADERNO ROTEIROS TURÍSTICOS

 

CADERNO DE CULTURA GASTRONÔMICA

CADERNO DE NOTÍCIAS

DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS

CADERNO SAÚDE & SABOR

CADERNO FOODSERVICE

CADERNO DE RECEITAS

VÍDEOS GOURMANDS

CADERNO ROTEIROS TURÍSTICOS

DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS

Mapa do Portal

 
GUIAS GOURMANDS

GUIA ONDE COMER BEM

GUIA ONDE SE HOSPEDAR
GUIA FAZENDO FESTA
GUIA DE ESCOLAS E CURSOS DE GASTRONOMIA
GUIA ONDE COMPRAR PRODUTOS GASTRONÔMICOS
GUIA DO MERCADÃO DE SÃO PAULO
 

 

APROVADO

 

no CORREIO GOURM@ND

 

    

 

DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS

  ALIMENTOS
     
BEBIDAS
     
  UTENSÍLIOS
     
  EQUIPAMENTOS
     
  MARCAS

 

 

 

 

 

 

 

DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS  

DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS

Alimentando o saber, aprimorando o paladar...

Apoio cultural: 

 

 
 

CARNE

Partes comestíveis dos animais próprias para a alimentação do homem. Carne fresca de animais mortos recentemente, sem haver sofrido nenhum preparo destinado a prolongar a conservação, a não ser simples refrigeração.




Segundo os dicionários, a palavra "carne" designa "a porção dos animais que serve de alimento ao homem". Este conceito abrange as carnes de todos os animais comestíveis - aves, mamíferos, as caças em geral, os peixes e frutos do mar e as chamadas carnes exóticas.

 

Os conhecimentos a cerca do consumo de carnes na alimentação humana, baseados em achados e estudos arqueológicos, remontam ao Neolítico. Posteriormente, as primeiras fontes escritas (no Egito e no Oriente Próximo, principalmente) dão uma idéia aproximada a respeito do consumo das carnes e da transformação do ser humano de caçador a criador. Isto provocou o desenvolvimento de várias técnicas e métodos de conservação (salgados, dessecados, defumados) que permitiram ao homem, mesmo em períodos de escassez, seu consumo constante.

 

Durante a pré-história, antes do desenvolvimento da agricultura, a carne foi o prato principal do homem. Nesse tempo, se alimentar era praticamente sinônimo de comer carne. O homem pré-histórico a consumia crua, até descobrir o fogo, há 500 mil anos. Em algumas civilizações antigas, como na Grécia e na Roma antiga, a carne tomou ares de alimento sagrado, sendo oferecida aos deuses em sacrifícios.

 

Sem dúvida, as carnes têm sido e são alimentos muito valorizados e apreciados pelos humanos. Do ponto de vista nutricional, a abundância de proteínas de elevado valor biológico, assim como sua riqueza em ferro e outros minerais e vitaminas, fazem das carnes um alimento que deve ser incluído na alimentação humana de forma racional.

 

Em termos gerais, pode-se afirmar que as carnes são boa fonte de minerais: potássio, sódio, zinco, fósforo e ferro. Com respeito às vitaminas, as carnes fornecem uma excelente quantidade, sobretudo do complexo B (B1, B2, B3, B6 e B12).

 

Conheça os variados tipos, suas características, usos e cuidados que exigem, clicando nos links da coluna lateral.

 

 

 
 

ALIMENTOS de A a Z

 
  MAMÍFEROS
  AVES
  CARNES EXÓTICAS
  PESCADOS
 

 

 

 

 

 
 

Tabela de Composição Nutricional das carnes bovina, suína e de aves

(grelhada ou cozida, porção de 100 gramas).

 

 

Unidade

Alcatra1

Lombo suíno

Peito de frango

Energia

Kcal

191

164

165

Proteína

g

30,4

28,1

31

Gordura

g

6,8

4,8

3,6

Minerais

 

 

 

 

Ferro

mg

3,4

1,5

1

Magnésio

mg

32

28

29

Fósforo

mg

244

259

228

Potássio

mg

403

437

256

Zinco

mg

6,5

2,6

1

Selênio

m g

32,9

48,1

27,6

Vitaminas

 

 

 

 

Tiamina (B1)

mg

0,13

0,94

0,07

Riboflavina (B2)

mg

0,29

0,39

0,11

Niacina

mg

4,28

4,71

13,71

Ácido pantotênico

mg

0,39

0,69

0,96

Folacina

m g

10

6

4

Vitamina B6

mg

0,45

0,42

0,60

Vitamina B12

m g

2,85

0,55

0,34

Ácidos graxos

 

 

 

 

Saturados

g

2,65

1,66

1,01

Monossaturados

g

2,90

1,93

1,24

Poliinsaturados

g

0,26

0,41

0,77

Colesterol

mg

89

79

85

 

  Fonte: USDA, ARS. USDA Nutrient Database for Standard Reference, release13. Nutrient Data Laboratory homepage (http://www.nal.usda.gov. Dezembro de 2000. 
1Alcatra: dados para bovinos de raças européias.
 

    Leia também:  

   

Febre Aftosa - Posso comer carne ou não?

 

    Voltar ao topo  

 

 

APOIO:

 

 

 

 

Ovadia Saadia Comunicações

 

 

 

 

|

|

 

Copyright ©  -  VB Bureau de Projetos e Textos

Atualizado em: 02 janeiro, 2018.

 
 

Voltar ao topo