CORREIO GOURMAND    

Home

|

O CORREIO GOURMAND

|

CUPOM GOURMAND

|

SORTEIO DO MÊS

|

PREMIADOS

|

PROMOÇÕES

PROMOÇÕES

CORREIO GOURMAND

CADERNO DE CULTURA GASTRONÔMICA CADERNO DE NOTÍCIAS DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS CADERNO SAÚDE & SABOR

CADERNO FOODSERVICE

CADERNO DE RECEITAS VÍDEOS GOURMANDS

CADERNO ROTEIROS TURÍSTICOS

 

CADERNO DE CULTURA GASTRONÔMICA

CADERNO DE NOTÍCIAS

DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS

CADERNO SAÚDE & SABOR

CADERNO FOODSERVICE

CADERNO DE RECEITAS

VÍDEOS GOURMANDS

CADERNO ROTEIROS TURÍSTICOS

DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS

Mapa do Portal

 
GUIAS GOURMANDS

GUIA ONDE COMER BEM

GUIA ONDE SE HOSPEDAR
GUIA FAZENDO FESTA
GUIA DE ESCOLAS E CURSOS DE GASTRONOMIA
GUIA ONDE COMPRAR PRODUTOS GASTRONÔMICOS
GUIA DO MERCADÃO DE SÃO PAULO
 

  DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS  

DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS

Alimentando o saber, aprimorando o paladar...

 

Apoio cultural: 

APROVADO  

 

POLVO
 

O polvo é um invertebrado marinho do gênero Octopus que, como as lulas, sépias e náutilos, pertence à classe dos cefalópodes, os mais evoluídos dos moluscos. Muito variados em tamanho, os polvos medem de 5cm a 5,40m. O corpo é flexível, bulboso e desprovido de concha. Os olhos, na maioria das espécies, são grandes e complexos. 

 

Os oito tentáculos ou braços que os caracterizam são, na verdade, modificações evolutivas do pé e se dispõem ao redor da boca. Em algumas espécies de polvos, esses tentáculos chegam a medir nove metros de comprimento. Usados para a locomoção e a captura de alimento, os tentáculos possuem pequenas ventosas que asseguram perfeita fixação aos alvos. Além desses prolongamentos, o pé também forma, do lado de baixo, um funil chamado sifão ventral. 

Os polvos vivem em tocas e se alimentam principalmente de caranguejos e lagostas, embora alguns se nutram de plâncton, e servem de presa a vários peixes. Faz excursões à procura de alimentos, voltando sempre à toca para comer as presas. 

Os polvos rastejam ao longo das costas marinhas, mas podem nadar por meio do sifão. Se ameaçados, emitem uma substância escura, que forma uma cortina por eles utilizada para se esconder. Quando se alimentam de moluscos, injetam-lhes um veneno paralisante. O dimorfismo sexual é acentuado, com o macho menor que a fêmea. O acasalamento realiza-se através do hectocótilo, braço modificado que leva o esperma do macho até a fêmea. O polvo se reproduz só uma vez na vida. Após a desova, a fêmea pára de se alimentar e toma conta dos ovos. Depois que os filhotes nascem, ela morre.

 

Tradicionalmente são considerados uma iguaria preciosa entre os povos do Mediterrâneo, do Oriente e outras partes do mundo. Com baixo teor de gordura, sua carne é rica em sais minerais, vitaminas do complexo B, ácidos graxos ômega 3, que reduzem o nível de triglicérides, e ômega 6, que auxiliam na redução do colesterol total. Entretanto, a carne do polvo, é de difícil digestão, não devendo ser dado a crianças pequenas, idosos e pessoas com problemas digestivos. Seu preparo exige um cuidado especial no cozimento para não ganhe consistência de "borracha".

 

Os mares são ricos em variedades de polvo sendo comum no Brasil o Octopus tehuelchus, - que atinge cerca de 80 cm de comprimento. Algumas espécies podem chegar a 3 metros de comprimento.



 

 



 

 

 

 

Voltar à página principal de MOLUSCOS

 

 

 
 

 

 

É o desenvolvimento do sistema nervoso dos polvos, e de outros animais de sua classe, que lhes permite uma movimentação rápida e ágil, assim como o controle de certas regiões do corpo.

POLVO
 

Outros idiomas:

Francês - Poulpe  

Italiano -Polpo

Espanhol - Pulpo

Inglês - Octopus

Alemão - Krake

 

 

 

 

Fontes: Enciclopédia Britânica

Thesaures

 

 

    Voltar ao topo  

 

  no Correio Gourm@nd  

 

APOIO:

 

 

 

 

Ovadia Saadia Comunicações

 

 

 

 

|

|

 

Copyright   -  VB Bureau de Projetos e Textos

Atualizado em: 02 janeiro, 2018.

 
 

Voltar ao topo