CORREIO GOURMAND    

Home

|

O CORREIO GOURMAND

|

CUPOM GOURMAND

|

SORTEIO DO MÊS

|

PREMIADOS

|

PROMOÇÕES

PROMOÇÕES

CORREIO GOURMAND

CADERNO DE CULTURA GASTRONÔMICA CADERNO DE NOTÍCIAS DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS CADERNO SAÚDE & SABOR

CADERNO FOODSERVICE

CADERNO DE RECEITAS VÍDEOS GOURMANDS

CADERNO ROTEIROS TURÍSTICOS

 

CADERNO DE CULTURA GASTRONÔMICA

CADERNO DE NOTÍCIAS

DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS

CADERNO SAÚDE & SABOR

CADERNO FOODSERVICE

CADERNO DE RECEITAS

VÍDEOS GOURMANDS

CADERNO ROTEIROS TURÍSTICOS

DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS

Mapa do Portal

 
GUIAS GOURMANDS

GUIA ONDE COMER BEM

GUIA ONDE SE HOSPEDAR
GUIA FAZENDO FESTA
GUIA DE ESCOLAS E CURSOS DE GASTRONOMIA
GUIA ONDE COMPRAR PRODUTOS GASTRONÔMICOS
GUIA DO MERCADÃO DE SÃO PAULO
 

DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS

DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS

Alimentando o saber, aprimorando o paladar...

 

 

Apoio cultural: 

APROVADO

 

vinho

A bebida dos deuses e dos mortais também...

 

 

 

 

 

Vinho tinto armazenado em casa envelhece até 4 vezes mais rápido

 

 

Valentina Nogueira

 

 

De acordo com uma pesquisa realizada pela Academia do Vinho da Fondazione Edmund Mach, de San Michele all´Adige (Itália), e publicada na revista "Metabolomics", no início de 2014, vinhos armazenados em casa, à temperatura ambiente, envelhecem 4 vezes mais depressa que os armazenados em salas específicas, com ambiente controlado. A pesquisa foi liderada pelo investigador italiano Fulvio Mattivi, que guardou 400 garrafas, por dois anos, nos  dos tipos de ambiente.

 

No estudo, 200 garrafas da casta Sangiovese permaneceram guardadas em foram colocadas em condições que simulam o armazenamento no interior de um armário caseiro, no escuro e a uma temperatura oscilando de acordo com as estações do ano, entre 20 e 27 graus. Outras 200 garrafas da mesma casta foram colocadas na adega Fundação Mach, a uma temperatura constante entre 15 e 17 graus e uma umidade de 70%. Os vinhos foram amostrados a cada seis meses.

 

Ao final dos dois anos de análise, foram descobertas grandes diferenças entre os dois grupos. Segundo Mattivi, o vinho armazenado no ambiente caseiro apresentou menos elementos antioxidantes e componentes que dão a cor ao tinto, o que poderia interferir nos benefícios da bebida para a saúde, além de serem menos aromáticos e saborosos.

 

O cálculo apresentado pela pesquisa foi detectado ao se perceber que, depois de seis meses armazenado em condições domésticas, o vinho estava em um estado semelhante ao que esteve em ambiente climatizado por dois anos, totalizando envelhecimento 4 vezes mais rápido na primeira condição.

 

“Descobrimos que uma diferença relativamente pequena de temperatura acelera diversas reações químicas relacionadas ao envelhecimento do vinho, chegando a provocar novas reações que não se verificam em temperaturas inferiores”, enumerou Mattivi ao "El Mundo Vino", onde, também, foi publicada a notícia.

 

A alternativa, portanto, pra quem não tem uma adega climatizada em casa, é ir comprando o vinho aos poucos, conforme vá consumindo. Por via das dúvidas, faça isso tanto com os tintos quanto com os brancos, pois provavelmente acontece a mesma coisa com eles. A recomendação serve, também, para os produtores, proprietários de lojas e distribuidores em geral, e para donos de restaurantes e outros pontos de consumo, que devem verificar se suas instalações são apropriadas para a conservação adequada dos vinhos, especialmente nos meses quentes.

 

 

Fonte:  Fondazione Edmund Mach di San Michele all'Adige

 

 

Os benefícios do vinho

 

Dentre os benefícios do consumo moderado de vinho já comprovados pela ciência, estão a diminuição de risco de infecção por bactérias causadoras de úlcera e gastrite; fortalecimento de ossos e veias, evitando problemas como osteoporose e varizes em pessoas mais velhas; o vinho funciona como calmante tão eficiente quanto substâncias a base de maracujá; reduz riscos de problemas cardíacos como pressão desregulada e infarto; atrasa a degeneração da retina, auxiliando na visão. Segundo um site especializado em vinhos , o Sonoma (www.sonoma.com), ingerir a bebida com moderação, garante ainda boa memória a longo prazo, desintoxicação alimentar e aumento do colesterol bom no organismo. Aqui no CORREIOGOURMAND você encontra dicas de receitas saudáveis e muito gostosas, que podem acompanhar um bom vinho em diversas situações, tais como um bom jantar ou almoço com os amigos - CLIQUE AQUI e confira.

  Você gostou? então compartilhe!!  
 

Voltar à página principal de VINHOS

 

    Voltar ao topo  

 

  no Correio Gourm@nd  

 

APOIO:

 

 

 

 

Ovadia Saadia Comunicações

 

 

 

 

|

|

 

Copyright   -  VB Bureau de Projetos e Textos

Atualizado em: 14 maio, 2016.

 
 

Voltar ao topo