CORREIO GOURMAND    

Home

|

O CORREIO GOURMAND

|

CUPOM GOURMAND

|

SORTEIO DO MÊS

|

PREMIADOS

|

PROMOÇÕES

PROMOÇÕES

CORREIO GOURMAND

CADERNO DE CULTURA GASTRONÔMICA CADERNO DE NOTÍCIAS DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS CADERNO SAÚDE & SABOR

CADERNO FOODSERVICE

CADERNO DE RECEITAS VÍDEOS GOURMANDS

CADERNO ROTEIROS TURÍSTICOS

 

CADERNO DE CULTURA GASTRONÔMICA

CADERNO DE NOTÍCIAS

DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS

CADERNO SAÚDE & SABOR

CADERNO FOODSERVICE

CADERNO DE RECEITAS

VÍDEOS GOURMANDS

CADERNO ROTEIROS TURÍSTICOS

CADERNO DE RECEITAS

Mapa do Portal 

 
GUIAS GOURMANDS

GUIA ONDE COMER BEM

GUIA ONDE SE HOSPEDAR
GUIA FAZENDO FESTA
GUIA DE ESCOLAS E CURSOS DE GASTRONOMIA
GUIA ONDE COMPRAR PRODUTOS GASTRONÔMICOS
GUIA DO MERCADÃO DE SÃO PAULO
 

 

APROVADO

 


 

CADERNO DE RECEITAS CORREIO GOURMAND  

Para você brilhar na cozinha

Apoio cultural: 

 

MASSA DE Crepe FRANCESA  

 

 

 

Clique na imagem para ampliá-la

 

Tia Romilda

 

 

 

Categoria: Entrada/Lanche/Guarnição/Sobremesa
Tipo de Cozinha: Francesa
Rendimento: + ou - 10 unidades
Tempo de Preparo:

Massa: 15 ou 3 minutos

Descanso da massa: de 60 a 120 minutos

Fritar: 10 minutos
Grau de Dificuldade: Fácil

 

 

 

A Crepe Francesa

 

Massa fina, levemente frita na manteiga e recheada, o crepe francês (la crêpe) é uma tradição da cozinha popular francesa e a principal comida de rua de Paris, onde são vendidos em bancas espalhadas por toda a cidade. Nasceu na Bretanha, no Norte do país, nas mesas simples dos camponeses, mas, na Capital, foi alçando vôos mais altos conforme foram se sofisticando os recheios. De Paris, ganhou o mundo e conquistou adeptos nos quatro cantos do planeta.

 

Com uma textura suave, o sabor da crepe se define a partir do recheio pois a massa mesmo tem sabor neutro. Usualmente, manteiga, açúcar cristal, mel, geléias, cremes, doces em pasta, frutas e sorvetes servem de recheio para as crepes doces e, queijos, ovos, hortaliças, carnes, embutidos, pescados e tudo o mais que a imaginação (e o bom gosto) puder imaginar recheiam as crepes salgadas. Sempre deliciosa e agradando a todas as idades, a massa da crepe tem baixo teor de gordura, o que faz dela um alimento leve e saudável. Evidentemente, dependendo do recheio, isso deixa de ser verdade. Pode ser servida quente ou fria, aberta, enrolada ou empilhada, como entrada, sobremesa ou lanche.
 

Se você está se perguntando qual a diferença entre a crepe e a nossa tão querida panqueca, é mais uma questão de textura mesmo (no que se refere à massa). A diferença básica está no uso da manteiga, que dá à massa da crepe uma textura mais delicada que o da nossa panqueca tradicional.

 

E é, justamente, na massa que reside o segredo de uma boa crepe. Para que fique com uma textura delicada, é importante que a massa fique de repouso depois de preparada por, no mínimo, uma hora, dizem os franceses. Os mais radicais falam em, no mínimo, duas horas. A razão é o glúten, proteína presente na farinha de trigo, que se abranda durante um período de repouso, conferindo mais elasticidade e plasticidade à massa. Outra questão é o como bater a massa - à mão dizem os tradicionalistas, no liquidificador dizem os pragmáticos. Assim, abaixo, você vai encontrar as duas maneiras de fazer. Escolha a que preferir, ou as duas, de acordo com o tempo que disponha. Mas, lembre-se, em geral, a tradição gera comidas mais saborosas.

 

A frigideira ideal para crepes é de ferro fundido, um bom condutor de calor, o que faz com que o cozimento se dê de modo uniforme. As antiaderentes também são boas. Recomenda-se uma frigideira de 18 e 22 cm de diâmetro.

 

 

Ingredientes

 

250g de farinha
4 ovos
1/2 litro de leite
1 colher de sopa de açúcar vanilado
1 pitada de sal
50g de manteiga
1 colher de sopa de rum ou água de flor de laranjeira

 

 

Modo de Fazer

 

Massa Modo Tradicional -  tempo de preparo: 15 minutos

  • De preferência, faça a massa com antecedência de, pelo menos, uma hora (o ideal são duas horas).

  • Numa panela, amorne um pouco o leite (só o suficiente para derreter a manteiga).

  • Retire do fogo, acrescente a manteiga, misture e reserve.

  • Numa vasilha, coloque a farinha, os ovos, o açúcar vanilado, a pitada de sal e um pouco do leite (que já deve estar na temperatura ambiente a essa altura) e misture tudo com o fouet (ou outro batedor qualquer).  Vá, aos poucos, acrescentando o restante do leite, misturando sempre até obter uma massa lisa e meio líquida (não misture os ovos e a farinha sem colocar nada do leite ou conseguirá belos grumos difíceis de desmanchar depois).

  • Se, mesmo assim, ficarem grumos, passe a massa por uma peneira.

  • Acrescente colher de sopa de rum ou água de flor de laranjeira e mexa para incorporar.

  • Cubra a vasilha com um filme e leve à geladeira para a massa descansar.

 

Massa Modo Rápido -  tempo de preparo: 03 minutos

  • Bata todos os ingredientes no liquidificador.

  • Transfira a massa batida para uma vasilha, cubra com filme e leve à geladeira para descansar.

Fritura

  • Aqueça lentamente uma frigideira de ferro ou antiaderente para fritar as crepes, até que jogando uma gota de água ela ferva rapidamente.

  • Enquanto isso, retire a massa da geladeira e misture mais um pouco antes de usar.

  • Quando a frigideira estiver quente o suficiente, pincele-a ligeiramente com manteiga. Essa operação que deve ser repetida a cada crepe.

  • Use uma concha para deitar a massa da crepe na frigideira. A medida certa para cada um é meia concha.

  • Para que a massa se espalhe pela frigideira use uma espátula de madeira, plástico ou teflon, ou incline a frigideira até que ela se espalhe por igual. Para virar as crepes, use a espátula. Se for jogar para cima, cuidado com possíveis queimaduras.

  • Frite de um lado até que comece a levantar bolhas, aí vire e frite alguns segundos do outro lado.

  • Vá colocando as crepes já prontas numa travessa. Se quiser servi-las quentes, coloque a travessa sobre uma vasilha com água fervendo para que não esfriem.

  • Depois de todas elas fritas, recheie a gosto e formate dobrando duas vezes como gostam os franceses, ou uma vez só, enrole, faça trouxinhas ou deixe ela aberta mesmo, como você preferir ou combinar mais com o recheio que você vai usar.

 

Sugestões para recheio: Geléias de frutas, pêssegos em calda fatiados fininho, creme de baunilha (confeiteiro), morangos frescos cortados deixados de molho por meia hora em açúcar e vinho do porto, maçãs levemente cozidas com um pouco de açúcar (polvilhe os crepes com canela em pó), goiabada derretida em um pouco de vinho do porto (polvilhe as crepes com coco ralado), nutella, brigadeiro, beijinho, baba de moça, doce de leite, entre uma infinidade de outros recheios doces. Para as crepes salgadas, também, as opções são incontáveis. Experimente o creme de espinafre, a ricota temperada, um mix de cogumelos salteados,
 

Dicas:

 

A primeira crepe que você fritar será o seu teste para a massa. Se ficar com aspecto meio cartonado, duro ou seco, ou os dois, agregue um pouco mais de manteiga ou leite à massa. Se a massa escorrer pela frigideira sem textura, agregue um pouco mais de farinha, peneirando e misturando com o fouet com muito cuidado para não formar caroços. Caso forme, passe pela peneira.

 

Você pode preparar crepes com antecedência e conservar em geladeira (por até 2 dias). As crepes prontas podem ser congeladas e conservadas no freezer por cerca de 1 mês. Para congelá-las, separe-as com filme plástico ou papel manteiga e embale-as  em saquinhos, retirando todo o ar, nas quantidades que forem ser usadas de uma só vez. Podem, também, serem embaladas em um recipiente com tampa em vez dos saquinhos.

Limpe eventuais respingos de massa da borda da frigideira, com papel toalha, se ainda estiverem moles, ou com uma espátula própria para antiaderentes.

 

Os franceses indicam a cidra, brut de preferência, como a bebida ideal para acompanhar uma crepe. Experimente!!

 

 

 

 

Saiba mais sobre:

Farináceos

Ovo
Açúcar
Baunilha
Águas Aromatizadas
Cozinha Francesa
França

 

Para saber onde comprar os ingredientes dessa receita, clique aqui.

  Você gostou? Então compartilhe!!  
 

Voltar ao ÍNDICE GERAL DE IGUARIAS ESPECIAIS

 

    Voltar ao topo  

 

  no Correio Gourm@nd  

 

APOIO:

 

 

 

 

Ovadia Saadia Comunicações

 

 

 

 

|

|

 

Copyright ©  -  VB Bureau de Projetos e Textos

Atualizado em: 02 janeiro, 2018.

 
 

Voltar ao topo