CORREIO GOURMAND    

Home

|

O CORREIO GOURMAND

|

CUPOM GOURMAND

|

SORTEIO DO MÊS

|

PREMIADOS

|

PROMOÇÕES

PROMOÇÕES

CORREIO GOURMAND

CADERNO DE CULTURA GASTRONÔMICA CADERNO DE NOTÍCIAS DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS CADERNO SAÚDE & SABOR

CADERNO FOODSERVICE

CADERNO DE RECEITAS VÍDEOS GOURMANDS

CADERNO ROTEIROS TURÍSTICOS

 

CADERNO DE CULTURA GASTRONÔMICA

CADERNO DE NOTÍCIAS

DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS

CADERNO SAÚDE & SABOR

CADERNO FOODSERVICE

CADERNO DE RECEITAS

VÍDEOS GOURMANDS

CADERNO ROTEIROS TURÍSTICOS

CADERNO SAÚDE & SABOR

Mapa do Portal 

 
GUIAS GOURMANDS

GUIA ONDE COMER BEM

GUIA ONDE SE HOSPEDAR
GUIA FAZENDO FESTA
GUIA DE ESCOLAS E CURSOS DE GASTRONOMIA
GUIA ONDE COMPRAR PRODUTOS GASTRONÔMICOS
GUIA DO MERCADÃO DE SÃO PAULO
 

 

APROVADO

no CORREIO GOURM@ND

    

DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS

  ALIMENTOS
     
BEBIDAS
     
  UTENSÍLIOS
     
  EQUIPAMENTOS
     
  MARCAS

 

 

 

 


 

 

CADERNO SAÚDE & SABOR

Desfrute ao máximo...

 

Apoio cultural: 

 

10 Dicas para melhorar a alimentação da garotada

 

 

 

 

Uma alimentação saudável e equilibrada na infância é uma forma de se evitar muitas doenças na fase adulta

 

 

 

15 de outubro de 2011 - As necessidades nutricionais das crianças são altas e o tipo de alimentação adotado nesta fase é muito importante para a saúde durante a vida. Estudos mostram que doenças da vida adulta como obesidade, câncer, osteoporose, doenças do coração e diabetes normalmente resultam de escolhas alimentares erradas na infância.

 

No Brasil, 6,6% das crianças de 0 a 5 anos sofrem de obesidade. Calcula-se que aproximadamente de 20% a 25% das crianças brasileiras apresentem excesso de peso na faixa etária entre 7 e 14 anos. Segundo o Ministério da Saúde, já são 6 milhões de adolescentes obesos.

 

Os principais fatores associados à obesidade infantil são: o sedentarismo e o maior consumo de alimentos ricos em carboidratos refinados e gorduras, provocados pela onda de fast foods no mercado.

 

 

Confira, abaixo, 10 dicas interessantes para melhorar a alimentação da garotada

 

1. Eduque o paladar da criança, oferecendo alimentos naturais, como frutas ou sucos, de preferência orgânicos. Nunca adoce os sucos de frutas, pois seu sabor verdadeiro é, sem dúvida,mais saudável.

 

2. Horários e rotina para a alimentação são fundamentais. A criança deve se alimentar em lugar calmo. Comer rápido e em frente à televisão contribui para que ela coma mais que o necessário e sem saborear os alimentos.

 

3. Pais devem ser exemplos. Não adianta os pais estarem com o prato cheio de "porcarias" e insistir para que a criança coma salada.

 

4. Ofereça guloseimas esporadicamente. Apesar de ser a preferencia da garotada esses alimentos tem poucos nutrientes e muitas calorias, o que leva ao aumento de peso.

 

5. Evite alimentos muito açucarados e coloridos artificialmente. O consumo desses alimentos é prejudicial a saúde e desenvolvimento fisico e cognitivo da criança. Estudos relacionam o hábito alimentar ao déficit de atenção e hiperatividade infantil.

 

6. Inclua na alimentação peixes como salmão, atum e sardinha ou os óleos de peixe, semente de linhaça e oleaginosas como nozes, amêndoas e castanhas, importantes fontes de ômegas 3. O omega 3 é importante para o desenvolvimento do cérebro e para resistência imunológica.  

 

7. Pré adolescentes e adolescentes precisam de mais vitamina C e ferro do que os adultos. Inclua no cardápio frutas como laranja, limão, goiaba, caju e morango e as folhas verdes escuras.

 

8. Durante as refeições a ingestão de bebidas deve ser controlada, pois a criança troca facilmente a refeição por sucos ou refrigerantes.

 

9. Permita que a criança participe das compras e preparo dos alimentos. Varie o cardápio, utilize a criatividade para elaborar pratos atrativos e sempre coloridos.

 

10. Prefira mandar a merenda do colégio de casa, assim podemos oferecer alimentos mais saudáveis que os disponíveis nas cantinas. Opte por biscoitos integrais, frutas frescas ou secas ou barras de cereais. Sanduiche de pão integral com pasta de soja ou queijo também podem fazer parte do lanche.

 

 

A atividade física é muito importante para o desenvolvimento da criança, além de colaborar para o controle de peso. A prática de esportes como jogar futebol, andar de bicicleta devem ser incentivadas.

 

Lembre-se que criança "gordinha" não é criança saudável. A obesidade infantil traz problemas psicológicos e físicos, que podem perdurar até a vida adulta!

 

 

Fonte: Mundo Verde

  Você gostou? Então compartilhe!!  
 

Voltar à página principal de Saúde e Sabor

 

    Voltar ao topo/a>  

 

 

APOIO:

 

 

 

 

Ovadia Saadia Comunicações

 

 

 

 

|

|

 

Copyright ©  -  VB Bureau de Projetos e Textos

Atualizado em: 02 janeiro, 2018.

 
 

Voltar ao topo