CORREIO GOURMAND    

Home

|

O CORREIO GOURMAND

|

CUPOM GOURMAND

|

SORTEIO DO MÊS

|

PREMIADOS

|

PROMOÇÕES

PROMOÇÕES

CORREIO GOURMAND

CADERNO DE CULTURA GASTRONÔMICA CADERNO DE NOTÍCIAS DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS CADERNO SAÚDE & SABOR

CADERNO FOODSERVICE

CADERNO DE RECEITAS VÍDEOS GOURMANDS

CADERNO ROTEIROS TURÍSTICOS

 

CADERNO DE CULTURA GASTRONÔMICA

CADERNO DE NOTÍCIAS

DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS

CADERNO SAÚDE & SABOR

CADERNO FOODSERVICE

CADERNO DE RECEITAS

VÍDEOS GOURMANDS

CADERNO ROTEIROS TURÍSTICOS

CADERNO SAÚDE & SABOR

Mapa do Portal 

 
GUIAS GOURMANDS

GUIA ONDE COMER BEM

GUIA ONDE SE HOSPEDAR
GUIA FAZENDO FESTA
GUIA DE ESCOLAS E CURSOS DE GASTRONOMIA
GUIA ONDE COMPRAR PRODUTOS GASTRONÔMICOS
GUIA DO MERCADÃO DE SÃO PAULO
 

 

APROVADO

no CORREIO GOURM@ND

    

DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS

  ALIMENTOS
     
BEBIDAS
     
  UTENSÍLIOS
     
  EQUIPAMENTOS
     
  MARCAS

 


 


 

 

CADERNO SAÚDE & SABOR

Desfrute ao máximo...

 

Apoio cultural: 

 

Como preparar uma lancheira saudável para o seu filho 

 

 

Cintya Bassi

Nutricionista do Hospital e Maternidade São Cristóvão

 

 

11 de fevereiro de 2016 - O começo do ano letivo, quando as crianças voltam à escola, ou estão indo pra escola pela primeira vez, é sempre um momento meio atribulado pois implica numa série de providências que precisam ser tomadas, tais como lista de materiais, uniformes, mochilas e, claro, as lancheiras.

 

E com a correria, normalmente, é a lancheira a última coisa que é lembrada, o que pode resultar numa refeição nada saudável, que é tudo que ninguém quer. Como aliar sabor e qualidade de nutrientes à alimentação das crianças não é tarefa simples, a nutricionista Cintya Bassi, oferece, abaixo, preciosas informações que podem auxiliar os pais nesse verdadeiro desafio que é montar uma lancheira saborosa e saudável e proporcionar uma alimentação balanceada a seus filhos.

 

Para começar, Cintya lembra, justamente, que uma lancheira saudável deve ser planejada com antecedência. “De última hora fica mais difícil fazer escolhas saudáveis e ai a mãe acaba optando pelo que é mais rápido e pronto, mas que nem sempre é saudável, como , salgadinho, refrigerante”. Entretanto, ela garante que é possível, sim, montar uma lancheira gostosa e saudável mesmo sem biscoito recheado, frituras, alimentos processados industrializados, que são ricos em corantes, conservantes e sal, como por exemplos: frios, salsicha, salgadinho de pacote e refrigerantes.

 

Segundo a profissional, o lanche deve ser composto com alimentos de três categorias diferentes:

 

1- os construtores que ajudam na construção da massa muscular e auxiliam o sangue e os órgãos,

2- os reguladores que fornecem as vitaminas, minerais e fibras,

3- os energéticos, que dão energia necessária para o bom funcionamento do corpo.  

 

“Como opções de alimentos energéticos se destacam os pães integrais, a tapioca, o pão de queijo e bolos caseiros simples. Para os reguladores podemos incluir na lancheira frutas, verduras e legumes, que devem ser diversificados e em alguns casos já enviadas picadinha para a criança, não se esquecendo de opções como as frutas secas e oleaginosas, como castanhas e nozes e vegetais como tomate cereja, cenoura baby e milho. Os alimentos construtores podem ser oferecidos como queijos magros, iogurtes, leite fermentado e até mesmo como patês de frango ou atum”, comenta ela.

 

Se resistir a um doce é difícil até para gente grande, imagina então para os pequenos. A nutricionista diz que não devemos privá-los destes alimentos, “é importante oferecer sempre em porções pequenas, pra que não atrapalhe o apetite e, sempre que possível, devemos optar pelos doces mais saudáveis como compotas a base frutas e alfarroba, por exemplo”.

 

Outro cuidado que devemos ter ao fazer o lanche é com os sucos, sempre dar preferência ao natural feito em casa e se não for possível Cintya recomenda sempre ficar atento ao rotulo dos produtos, “os sucos industrializados possuem quantidade considerável de açúcar e de outros aditivos químicos, como corantes, aromatizantes e conservantes e por isso devem ser evitados”, ressalta. Outra dica da nutricionista é variar na escolha das bebidas também: “além de sucos, podemos enviar chás gelados que possuem substâncias boas, os antioxidantes, mas também são ricos em cafeína, por isso não devem ser consumidos habitualmente. Uma boa opção é preparar o próprio chá e dosar a quantidade de açúcar”.

 

Ela também indica oferecer frutas, “devemos apenas tomar os cuidados específicos com cada uma, se a fruta é daquelas que oxidam mais rápido, passe limão antes de embalar. Frutas mais delicadas como pêssego e pera também devem ser embaladas de maneira que não amassem”, ressalta Cintya. “Os hábitos saudáveis devem ser uma extensão do que ocorre em casa, porque a criança não vai querer comer fruta na escola se em casa isso não é rotina” finaliza a nutricionista.

 

A especialista dá, ainda, uma boa dica para que os pequenos se interessem pela alimentação saudável. “Envolver a criança no processo de montagem da lancheira pode despertar o interesse pela alimentação saudável e balanceada. Para evitar a monotonia, é preciso variar bastante a opção dos lanches”, orienta.

 

 

 

 

Confira, também, outras dicas preciosas dadas por Beatriz Botéquio, consultora em nutrição da ABIMAPI - Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados:

 
  • Lancheiras com bolsos e divisórias permitem o melhor armazenamento da merenda. Uma lancheira organizada melhora a conservação e  mantem mais gostoso o lanche para a hora do recreio.

  • Uma boa opção são lancheiras térmicas, elas mantêm a temperatura do alimento adequada até a hora do consumo.

  • Cada alimento deve ser armazenado em embalagens individuais, podem ser usados sacos plásticos com zíper (descartáveis) ou potes plásticos.

  • A quantidade e a variedade de comida para o lanche devem ser moderadas, três produtos são o suficiente para evitar desperdício. Um lanche infantil não deve ultrapassar de 300 Kcal.

  • Crianças são atraídas por cores e formatos diferentes, investir em lanches divertidos é uma boa opção. Pães de forma são uma ótima alternativa para criar um lanche divertido, caracterizando o pão em personagens animados ou bichos como ursos, girafas e tubarões. Pode usar a criatividade e usar moldes em formatos de estrelas, corações, carrinhos ou montar um cenário com os próprios alimentos.

  • De forma alguma vale chantagear ou usar uma comida favorita como recompensa. O certo é negociar, explicar o porquê do alimento saudável e oferecer um dia de compra na cantina. Esta é uma boa forma de conduzir a educação alimentar.

 

 

VEJA TAMBÉM:  
Tabela Anvisa de Ingestão Diária Recomendada (IDR) de Vitaminas, Minerais e Proteínas - ADULTOS  
Tabela Anvisa de Ingestão Diária Recomendada (IDR) de Vitaminas, Minerais e Proteínas - GESTANTES E LACTANTES  
Tabela Anvisa de Ingestão Diária Recomendada (IDR) de Vitaminas, Minerais e Proteínas - LACTENTES E CRIANÇAS  

  Você gostou? Então compartilhe!!  
 

Voltar à página principal de Saúde e Sabor

 

   

Voltar ao topo

 

APOIO:

 

 

 

 

Ovadia Saadia Comunicações

 

 

 

 

|

|

 

Copyright ©  -  VB Bureau de Projetos e Textos

Atualizado em: 02 janeiro, 2018.

 
 

Voltar ao topo