Viajar e comer - prazeres indissolúveis

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O QUE É TURISMO?

 

Turismo é a ação de viajar por prazer, esporte, lazer e desejo de se instruir. A palavra vem do francês "tourisme", derivado de "tour", em que está implícita a idéia de retorno. O grande volume dos intercâmbios culturais, e sobretudo comerciais, proporcionado pelo turismo teve início na segunda metade do século 20, quando se criou uma indústria de grandes dimensões. Desde então, o turismo é uma importante atividade econômica e social, uma das principais fontes de divisas de muitos países, que, apoiados numa sólida infra-estrutura -- desde linhas de comunicação e meios de transporte até a organização preparada para receber o viajante --, oferecem a seus visitantes belezas naturais, praias, tesouros artísticos e vários outros atrativos.

Evolução

A curiosidade em relação às diferentes culturas e costumes motivou muitos viajantes, desde tempos antigos, a se aventurarem em viagens às vezes perigosas. Entre os antecedentes históricos da atividade turística, podem-se incluir as peregrinações religiosas, as grandes rotas da seda, as estações balneárias do mundo antigo e medieval, bem como as olimpíadas gregas.

O nascimento do turismo como atividade organizada, porém, só ocorreu no século 19. Após a iniciativa de Thomas Cook, que organizou sua primeira excursão de trem em 1841, foram criadas sociedades de turistas e excursionistas em vários países. Ao clube alpino britânico, fundado em 1857, seguiram-se outros, inclusive o francês, criado em 1874. Dois anos depois surgiram os festivais de música wagneriana em Bayreuth, na Alemanha, e a Companhia Wagons-Lits. Em 1891, a American Express Company lançou o "money order" (ordem de pagamento), antecedente dos atuais cheques de viagem, o que ampliou de modo notável a segurança do viajante.

Historicamente, uma das modalidades turísticas praticadas com maior regularidade foi o montanhismo, cujos adeptos construíram uma vasta rede de abrigos nos Alpes para prestar assistência aos viajantes, costume que se estendeu pelo resto do globo. Outra modalidade foi o acampamento, freqüentemente chamado de camping, que consiste em acampar ao ar livre em barracas apropriadas.

O turismo começou a crescer logo depois da segunda guerra mundial, especialmente nas camadas abastadas dos Estados Unidos, interessadas em conhecer a Europa e ver de perto a destruição resultante do conflito. Com a explosão do turismo de massa, cada vez mais visível a partir de 1950, estabeleceram-se novas metas. Praias, tesouros artísticos e espetáculos, assim como comodidade e descanso, também passaram a figurar entre os objetivos buscados pelos turistas.

Essa explosão do turismo foi possibilitada, entre outros motivos, pela elevação dos níveis de renda de uma parcela da população, pela redução da jornada de trabalho e pela redução do custo relativo das viagens aéreas, entre outras facilidades. Os melhoramentos dos meios de transporte, o surgimento do automóvel e do avião, assim como o aperfeiçoamento das técnicas ferroviárias e de navegação marítima contribuíram para o desenvolvimento da atividade. Também foram importantes a redução de riscos pessoais durante o trajeto e a estada, o aumento das facilidades para a comunicação dos passageiros e a troca de bens e informações entre os países.

Indústria Turística

As primeiras regiões especializadas na exploração industrial do fenômeno turístico surgiram na bacia européia do mar Mediterrâneo. Determinados pontos da Itália e da Grécia, por abrigarem muitas relíquias de antigas civilizações, foram durante vários séculos destino de um considerável fluxo de visitantes.

Na Côte d'Azur francesa, na Riviera italiana e em todo o litoral mediterrâneo espanhol surgiram diversos complexos de hotéis e apartamentos que no verão atendiam a grande número de turistas. Fenômeno similar registrou-se na costa americana do Caribe e do oceano Pacífico, assim como em algumas regiões do Atlântico. Progressivamente, a busca de novos ambientes e culturas alargou as fronteiras das viagens de lazer até as regiões asiáticas e africanas. Na maioria desses países, porém, a organização institucional voltada para o turismo não tem o mesmo nível de especialização alcançado na Europa e na América.

O turismo de inverno tem como objetivo prioritário a prática do esqui e outros esportes na neve. Para isso, dispõe de instalações adequadas em regiões montanhosas, entre as quais se destacam os Alpes franceses, suíços e italianos, os Andes chilenos e argentinos, as montanhas Rochosas dos Estados Unidos, as montanhas escandinavas, canadenses e japonesas.

A indústria do turismo compreende basicamente dois aspectos: organização das atividades, que incluem transportes e infra-estrutura comercial e hoteleira; definição das disposições legais necessárias; e manutenção dos centros turísticos. Da regulamentação dos meios de transporte participam as instituições públicas, que administram as redes rodoviárias, ferroviárias e a infra-estrutura aérea para acesso aos pontos turísticos, e as agências de viagens, encarregadas de organizar a distribuição das viagens e as reservas em hotéis e outros locais de hospedagem. As associações de hotelaria controlam as condições de recepção e respondem às demandas turísticas, enquanto organismos oficiais regulamentam as leis alfandegárias, os acordos internacionais de assistência aos turistas e, de acordo com as diversas associações de comércio e hotelaria do país, estabelecem as normas gerais de preços e as categorias dos centros turísticos, conforme uma classificação internacional.

A visitação em grande escala a pontos de atração turística provoca uma evidente deterioração das condições do lugar. A conservação dos parques naturais, das obras de arte, das praias e das áreas urbanas constitui uma das principais preocupações das instituições dedicadas ao turismo.

 

Fonte: Enciclopédia Britânica

 

 
  Você gostou? Então compartilhe!!  
 
 

 

 

 
LEIA TAMBÉM:
As raízes do Turismo e da Hotelaria  
Primórdios do Turismo e da Hotelaria no Brasil  
Turismo e Desenvolvimento no Brasil dos séculos 19 e 20  
Evolução e história dos hotéis na cidade de São Paulo  
Primeiros hotéis da cidade de São Paulo  
Turismo sustentável: uma equação difícil de ser fechada  
     

 

Voltar à página principal do CADERNO DE TURISMO

 

 

 

 

 

 

brasil pra alemão ver

Lindo filme produzido pelo Ministério do Turismo para divulgação institucional do Brasil na Alemanha, mostrando as maravilhas que temos a oferecer.

 

Clique aqui e veja esse vídeo ampliado

 

 

Para saber mais sobre:

Brasil, clique aqui.  
Cozinha Brasileira, clique aqui.  

 

 

 

 

 

 

    Voltar ao topo  

 

no Correio Gourm@nd

 
 

 

APOIO:

 

 

 

 

Ovadia Saadia Comunicações

 

 

 

 

 

 

|

|

 

Copyright ©  -  VB Bureau de Projetos e Textos

Atualizado em: 02 janeiro, 2018.