CORREIO GOURMAND    

Home

|

O CORREIO GOURMAND

|

CUPOM GOURMAND

|

SORTEIO DO MÊS

|

PREMIADOS

|

PROMOÇÕES

PROMOÇÕES

CORREIO GOURMAND

CADERNO DE CULTURA GASTRONÔMICA CADERNO DE NOTÍCIAS DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS CADERNO SAÚDE & SABOR

CADERNO FOODSERVICE

CADERNO DE RECEITAS VÍDEOS GOURMANDS

CADERNO ROTEIROS TURÍSTICOS

 

CADERNO DE CULTURA GASTRONÔMICA

CADERNO DE NOTÍCIAS

DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS

CADERNO SAÚDE & SABOR

CADERNO FOODSERVICE

CADERNO DE RECEITAS

VÍDEOS GOURMANDS

CADERNO ROTEIROS TURÍSTICOS

CADERNO DE TURISMO

Mapa do Portal 

 
GUIAS GOURMANDS

GUIA ONDE COMER BEM

GUIA ONDE SE HOSPEDAR
GUIA FAZENDO FESTA
GUIA DE ESCOLAS E CURSOS DE GASTRONOMIA
GUIA ONDE COMPRAR PRODUTOS GASTRONÔMICOS
GUIA DO MERCADÃO DE SÃO PAULO
 

  CADERNO TURISMO  

CADERNO DE TURISMO

Viajar e comer - prazeres indissolúveis...

  Apoio cultural:  

 
  REGIÕES BRASILEIRAS - Sudeste    

 

 

 

Casarão do século 19 - no centro da cidade

Centro Educacional e Cultural Brasital  - Uma das primeiras indústrias têxteis do Estado, abriga atualmente O CEC Brasital, onde são oferecidos cursos técnicos, e é palco de diversos eventos. O espaço é constituído de ampla área verde recortada pelo ribeirão Aracaí; trilhas ecológicas, e abriga a Biblioteca Pública "Arthur Riedel".

Sítio Santo Antônio - Casa Grande - Construída em 1681, é considerada por vários historiadores como a primeira Casa dos Bandeirantes de São Paulo. No ano de 1945, foi adquirida pelo escritor Mário de Andrade, e tombada pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional)

Capela do Santo Antônio

Festa de Agosto - Comemoração do aniversário da cidade, realizada de 01 a 16/08, com a entrada dos carros de lenha, shows, atrações variadas e barracas de artesanatos e comes e bebes.

Confecção de tapete durante a Festa de Agosto

Entrada dos Carros de Lenha

Expofloral - Festa que acontece em outubro e divulga os produtos típicos da região, em especial alcachofras, flores e vinhos.

A pisa da uva, dentro da Expofloral

Portão de Entrada do Parque Recanto da Cascata onde acontece a Exploral. Com 50 mil metros quadrados de área, o Recanto da Cascata é um dos pontos turísticos de São Roque que mais encantam os visitantes. Além de ampla área verde ajardinada, o aproveitamento de um trecho de Mata Atlântica permite o acesso a uma trilha cuidadosamente planejada para oferecer um verdadeiro encontro com a natureza.

 

Um deck de madeira, com 360 metros de extensão, permite a passagem sobre uma cascata natural.

Sede da Vinícola Goes - uma das mais tradicionais da cidade.

Vinhedos da Vinícola Goes

Mountain Park, primeira pista artificial de esqui do Brasil.

Teleférico

Hotel Alpino - tradição de lazer na cidade

Museu de Cera - dentro do Hotel Alpino

 

  ESTADO DE SÃO PAULO O INTERIOR

 

 

 

 

 

 

 

SÃO ROQUE    

 

A florida estância dos vinhos paulista
 

 

Com um ótimo clima serrano, paisagens belíssimas envolvida por montanhas e povo hospitaleiro, a Estância Turística de São Roque dispõe de uma excelente infra-estrutura hoteleira, bons restaurantes, um amplo comércio e os mais saborosos vinhos da região.

Em região mundialmente considerada de preservação ambiental, com 308 km2 de área. a apenas 60 Km de São Paulo e servido por duas grandes Rodovias - Raposo Tavares e Castelo Branco - São Roque oferece aos visitantes opções de lazer com ar puro e muita tranqüilidade.

 

São Roque esbanja charme. Primeiro, pelos produtos que cultiva: vinhos, flores e alcachofras. Segundo, por fazer parte do cenário histórico e ecológico do país. Transformada em estância turística em 1990, por ter um clima delicioso e uma atraente infra-estrutura de hotéis, a bela São Roque passou a se orgulhar cada vez mais em mostrar suas belezas culturais, naturais e suas tradições aos visitantes. A cidade é generosa em áreas verdes e surpreendente pelo museu "made in England", pelas igrejas centenárias, monumentos históricos, fartas vinícolas e divertidas festas em homenagem ao santo que deu nome à cidade.

 

 

Os tons das matas e os matizes da história

São Roque é contornada por uma abundante área verde, responsável pela cidade ter se transformado em uma estância climática, com temperatura amena durante quase todo o ano. Para conferir, não deixe de conhecer a Mata da Câmara, na Estrada Eduardo Santucci. Ela é a maior reserva ecológica de região, possuindo 54 alqueires de Mata Atlântica entremeada por trilhas e habitadas por animais silvestres, como veados, cotias e lontras, além de ser reconhecida pela UNESCO como patrimônio da humanidade. Outra região de muito verde na cidade é o Morro do Saboó, com topo de 1.000 m de altura e várias trilhas para chegar até ele, que atrai inúmeros esportistas.
 

Recheando o verde com pitadas de história, o Sítio Santo Antônio (acesso pelo km 56,5 da Rodovia Raposo Tavares) presenteia a cidade com o maior patrimônio histórico do município: a casa grande do capitão Pedro Vaz de Barros, que fundou a cidade. Ela, que já foi habitada pelo escritor Mário de Andrade, fica ao lado da capela de Santo Antônio. Ambas foram construídas em 1681 e protegidas por um lindo lago com bosque. Outra relíquia de São Roque é a Igreja de São Benedito (Rua XV de Novembro), erguida com taipa socada em 1855, pelos escravos.
 

 

Eternizando o Brasil
 

Deixando de lado as belezas naturais de São Roque, a obra que mais impressiona na cidade é o Museu de Cera, no Hotel Alpino (11/425-5711). Ele é o único museu de cera do Brasil e foi construído em homenagem às grandes personalidades da nossa história, como Getúlio Vargas, Pedro Alvares Cabral, D. Pedro I, D. Pedro II, Carlota Joaquina, Castro Alves, Tiradentes, Maria Bonita, Lampião, Juscelino Kubitschek, Carlos Gomes e muitos outros, totalizando 54 ilustres brasileiros. Construídos por escultores espanhóis que trabalhavam no famoso Museu Madame Tussaud, em Londres, os bonecos do nosso Museu de Cera chegaram a recepcionar a rainha Elizabeth da Inglaterra, quando ela visitou o Brasil.

 

 

O tempero de São Roque

Na primeira pausa entre um passeio e outro, faça umas comprinhas pela cidade. São Roque é farta no artesanato (Artesania e Melson - Rodovia Raposo Tavares, km 52,5) de cama, mesa e banho, com muitas peças em patchwork. Para abastecer a despensa e a adega quando chegar em casa, leve doces, licores, biscoitos caseiros e vinhos de ótimas safras. Os doces e licores você encontra na Von Strudel e Sítio Santa Gertrudes, na Rodovia Raposo Tavares, km 55.

Se as compras já abriram o apetite, aguce seu paladar, pois em São Roque come-se muito bem. Se o desejo for comida mineira, a melhor pedida é a Casa dos Vargas e o Casarão 54, que ainda lhe presenteia com uma vista belíssima. O cardápio alemão também é farto na cidade, comprove no restaurante Família Von Strudel. E, se você precisa de mais opções, a saída é um menu variado no Gallipoli. Para a sobremesa, vamos aos vinhos.

 

 

Degustando a cidade

 

Para festejar o título e o padroeiro, os meses de agosto e outubro, em São Roque, são sinônimos de festa. A cada ano, os turistas e moradores recuperam o fôlego para celebrar o aniversário da cidade com comemorações que vão do dia 1° a 16 de agosto, com preces, homenagens, bailes, tapetes de pétalas e romarias.

 

 

Expo São Roque

 

Em outubro, os produtores caem na folia com a Expo São Roque - a grande festa das Alcachofras, Flores e Vinhos, repleta de atrações no Recanto da Cascata.


A gastronomia tem destaque especial no evento com pratos à base de alcachofra. Muito apreciada na gastronomia mundial por seu sabor inconfundível, a alcachofra é apresentada ao visitante em receitas especiais preparadas pelos restaurantes da Expo.

Além de provar estas delicias, o visitante pode aprender a prepará-las no Espaço Gourmet, comprá-las in natura ou em conserva no Mercado da Alcachofra.
 

 

Vinícolas

 

Se você vier em outra época do ano, não deixe de conhecer algumas vinícolas. A maioria fica a partir do km 60 da Rodovia Raposo Tavares, pertinho da cidade. Mas, não se decepcione ao saber que as uvas não são mais cultivadas em São Roque. Elas vêm do sul do país, mas o vinho é produzido aqui mesmo. Aproveite!

Nesta cidade de cores, aromas e texturas, o Brasil parece refletir nas faces dos imortais da nossa História, na sapiência das vinícolas, no coração das alcachofras, que como os que visitam São Roque, se despetalam pelos jardins floridos neste território que, mesmo mais verde que amarelo, conserva viva a trajetória dos mártires e heróis que eternizam e protagonizam nosso passado histórico´.

 

 

História

 

Fundada em 16 de Agosto de 1657, pelo abastado capitão paulista Pedro Nobre Vaz de Barros, São Roque acolheu Barros e sua família acompanhados de 1200 indígenas, nas proximidades das margens dos ribeirões Carambeí e Aracaí. Logo depois, ainda no século 17, atraídos pelo clima frio, imigrantes europeus, principalmente italianos e portugueses, cobriram as encostas dos morros com vinhedos, fazendo com que este trecho paulistano virasse um dos maiores produtores de uva, com várias adegas, o que rendeu à cidade o apelido de "Terra do Vinho".

 

 

Dicas

 

Feira de Artesanato

Nos finais de semana, acontece uma excelente feira de artesanato na cidade, com uma grande variedade de produtos que encantam os visitantes.

 

Locais:

Praça da República - aos domingos, das 9 às 16h
Av. João Pessoa (próx. à Praça da Matriz) - aos sábados das 9 às 16h

 

 

Casa do Artista e do Artesão

A Casa do Artista e do Artesão de São Roque foi criada em 1993 e re-inaugurada em 27 de outubro de 2003, com exposição, vendas e cursos de artesanatos. Reúne artistas e artesãos do município e região, incentivando a produção e a comercialização da arte e do artesanato. Sua sede fica no prédio histórico da antiga caixa d'água.

 

R Marechal Deodoro da Fonseca, 193,  Centro.
Fone: (11) 4784-6904
Horário de Funcionamento:

segunda a sexta das 13 às 17h

 

 

Festas de Agosto

Os atos religiosos em louvor a São Roque e os festejos que hoje são realizados, durante o mês de agosto, tem suas origens ligadas ao próprio surgimento do município. Ao escolher São Roque como protetor do primitivo povoado que iniciara, ao erigir tosca capela dedicada ao santo e ligada à sua própria moradia por uma passadiço elevado de madeira; ao deixar em testamento que missas fossem celebradas à todo mês de agosto, em louvor ao padroeiro, o fundador do município, Pedro Vaz de Barros, lançou as sementes mais férteis da fé e das tradições que, ano a ano foram cravando raízes e hoje resultam nos eventos mais queridos e significativos do povo de São Roque.

 

 

Entrada dos Carros de Lenha

A partir de 1881, havia a Entrada dos Carros de Lenha onde vinham as carroças puxadas por uma junta de bois, trazidas pelos sitiantes com a lenha, que era uma prenda leiloada.

 


Bailes de Agosto

Como parte integrante da festa, surgiram os famosos Bailes de Agosto, realizado anualmente no dia 15, no São Roque Clube. Na madrugada desse dia a banda percorre as ruas centrais da cidade, tocando músicas belíssimas e depois vão até a casa dos festeiros tomar um belo café, esse acontecimento chama-se Alvorada.


No dia 16 de agosto, a comunidade Sanroquense vive o seu momento máximo de fé e de esperança inspiradas pelo Padroeiro São Roque. O povo católico lhe devota muita confiança, venerando-o como poderoso protetor junto de Deus, contra a doença epidêmicas. Posto em um andor ornamentado é saudado com aplausos, vivas, lágrimas, com preces de agradecimento e esperança que brotam no íntimo de cada fiel. Deixa a igreja para ser transportado por milhares de devotos num espetáculo de fé e religiosidade que ganha maior expressão ainda quando em trechos do itinerário do costume, as ruas se encontram enfeitadas com tapetes ornamentais, num trabalho que espelha o potencial criativo do Sanroquense.

 

Os tapetes de rua começaram a ser feitos durante a procissão de 1975 e a partir desta data foram aumentando ano a ano. Hoje boa parte do trajeto é ocupado por estas obras de arte e capricho que duram apenas poucas horas. O suficiente para prestar uma das mais bonitas homenagens ao Padroeiro.


O andor de São Roque parece deslizar vagarosamente sobre milhares de cabeças que juntas constituem o próprio chão. Como ocorre todos os anos, o andor é levado por dezenas de pessoas que de alguma forma procuram tocar uma de suas partes.

 

 

Ski Mountain Park
São Roque conta com um excelente parque de diversões, o Ski Mountain Park, que possui pista artificial de ski a 1.200 m de altura, teleféricos, tobogãs e muita diversão.
 

Estrada da Serrinha, s/n°.
Fone: (11/4712-3299)

 

 

Como chegar a São Roque:
O acesso é pelas rodovias Raposo Tavares ou Castelo Branco. São Roque está a 65 km de São Paulo, 38 km de Sorocaba e a 42 km de Itu.

Voltar à página principal de INTERIOR DE SÃO PAULO 

 

Raposo Tavares - rodovia que dá acesso a São Roque a partir de São Paulo.

Igreja Matriz - nesta igreja há uma sequência de vitrais que conta a vida de São Roque, que nasceu em Montpellier em 1295.






















Para saber mais sobre a festa "Alcachofras, Flores e Vinhos" - Expo São Roque, clique aqui.

 

 

Para saber mais sobre São Roque, clique aqui.


   

Voltar ao topo

 

 

no Correio Gourm@nd

 
 

 

APOIO:

 

 

 

 

Ovadia Saadia Comunicações

 

 

 

 

 

 

|

|

 

Copyright ©  -  VB Bureau de Projetos e Textos

Atualizado em: 02 janeiro, 2018.

 
 

Voltar ao topo