CORREIO GOURMAND    

Home

|

O CORREIO GOURMAND

|

CUPOM GOURMAND

|

SORTEIO DO MÊS

|

PREMIADOS

|

PROMOÇÕES

PROMOÇÕES

CORREIO GOURMAND

CADERNO DE CULTURA GASTRONÔMICA CADERNO GASTRONOMIA EM NOTÍCIAS DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS CADERNO SAÚDE & SABOR

CADERNO FOODSERVICE

CADERNO DE RECEITAS VÍDEOS GOURMANDS

CADERNO ROTEIROS TURÍSTICOS

 

CADERNO DE CULTURA GASTRONÔMICA

CADERNO DE NOTÍCIAS

DICIONÁRIOS GASTRONÔMICOS

CADERNO SAÚDE & SABOR

CADERNO FOODSERVICE

CADERNO DE RECEITAS

VÍDEOS GOURMANDS

CADERNO ROTEIROS TURÍSTICOS

VÍDEOS GOURMANDS

Mapa do Portal

 
GUIAS GOURMANDS

GUIA ONDE COMER BEM

GUIA ONDE SE HOSPEDAR
GUIA FAZENDO FESTA
GUIA DE ESCOLAS E CURSOS DE GASTRONOMIA
GUIA ONDE COMPRAR PRODUTOS GASTRONÔMICOS
GUIA DO MERCADÃO DE SÃO PAULO
 

       

Apoio Cultural:

 

 

Bouillabaisse Tradicional

 

 

 

Acima, assista a um filme muito interessante sobre a confecção da Bouillabaisse num restaurante de Marseille da forma tradicional, no fogo a lenha. De fato, o filme mostra a visita de alguns chefs e suas famílias da cidade de Lion ao colega marselhês para provar esse prato maravilhoso.

 

Para os que ficarem com vontade, embora igual só em Marseille mesmo,vale conferir a receita da chef Renata Braune, do Chef Rouge, em São Paulo - CLIQUE AQUI.

Saiba mais sobre:

História da Sopa

Pescados

Peixes

Cozinha Francesa

França

  Você gostou? Então compartilhe!!  
 

Voltar ao índice do VÍDEOS GOURMANDS

 

 

La Bouillabaisse

Bouillabaisse é um prato típico da culinária provençal francesa, originário da cidade portuária de Marseille e comum na região do Mediterrâneo. Consiste de uma sopa ou guisado preparado à base de peixes brancos sortidos, frutos do mar, vegetais e ervas aromáticas. São, na verdade, dois pratos: uma sopa, em que se serve o caldo sobre fatias duras de pão de véspera; e um prato de peixe e vegetais.

 

Diz a lenda que Vênus, a deusa da beleza, serviu bouillabaisse a seu marido, Vulcano, para colocá-lo para dormir enquanto tinha um encontro amoroso com Marte.

 

Escritores gregos argumentam que cerca de 600 AC os fundadores de Marselha levaram consigo da Grécia a receita de uma sopa de peixe conhecida como kakavia que serviu de base para a futura bouillabaisse. Outros textos medievais fazem menção a cozidos de peixe em água e, ou azeite e vinho, porém até o presente não se conseguiu apurar com precisão a origem definitiva do bouillabaisse atual. Adicionalmente sugere-se que a bouillabaisse nasceu entre os pescadores, ao redor do Vieux Port de Marseille, que, depois de separar os peixes para vender, faziam uma sopa para a família com os que sobravam. Com o tempo, o prato foi sendo aperfeiçoado. Hoje, os marselheses o degustam assim: primeiro, só o caldo do peixe, com roille (um molho picante à base de maionese, pimenta malagueta e alho); depois, os pedaços desossados dos vários peixes, mergulhados num pouco do caldo.

 

A mais diferenciada característica da bouillabaisse, no entanto, não é o peixe, porque sopas e cozidos, também, levam peixes, mas o aroma e o sabor original derivado da combinação de ingredientes que a transformam em algo especial. Um escritor de alimentos famoso, Jean-Noël Escudier ,chamou o bouillabaisse de “síntese mágica”, outro francês Curmonsky, rotulou como “d’or soupe” ou a sopa de ouro.

 

Uma das sopas mais famosas do mundo, a bouillabaisse é uma experiência deliciosa, impossível, ou pelo menos desajuizado, é visitar o Sul da França e não prová-la, ainda que possa ser encontrada em qualquer local do mundo.

 

    Voltar ao topo  

 

  no Correio Gourm@nd  

 

APOIO:

 

 

 

 

Ovadia Saadia Comunicações

 

 

 

 

|

|

 

Copyright ©  -  VB Bureau de Projetos e Textos

Atualizado em: 02 janeiro, 2018.

 
 

Voltar ao topo